7 pessoas que foram mortas por robôs

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      20/03/18 às 14h22

Com o aumento do desenvolvimento da tecnologia, as máquinas tendem a ganhar cada vez mais espaço. Podemos ver o quanto elas estão sendo utilizadas e realizando trabalhos que antes eram feitos manualmente por humanos. As grandes indústrias adotam cada vez mais máquinas com a capacidade de reprodução em massa, que não precisam descansar e com um "baixo" custo. Empresas de carros usam robôs para quase tudo, visto que é um serviço muito pesado para que uma pessoa realize em pouco tempo. Porém, nem todas as coisas são boas e alguns acidentes fatais aconteceram por culpa dessas máquinas. O fato deles não terem uma mente própria fez com que eles causassem danos mortais em alguns operários.

A maioria dos casos aconteceu porque uma pessoa ficou no caminho de um robô e foi confundida com o material que eles trabalham. E foi pensando nisso que resolvemos trazer essa lista. Nós da Fatos Desconhecidos listamos 7 pessoas que foram mortas por robôs. Se você tem algum amigo que gosta desses assuntos ligados a tecnologia, compartilhe com ele desde já. Agora, sem mais delongas, confira conosco essa matéria.

1 - Robert Williams

Robert Williams foi a primeira pessoa que teve a morte causada por um robô. O acidente aconteceu em uma fábrica da Ford em Flat Rock, Michigan, no dia 25 de janeiro de 1979. William morreu após o braço de um Robô o atingir. Isso foi no exato momento em que o operário subiu em uma prateleira para pegar alguns moldes. Ironicamente, o robô tinha a função de pegar esses moldes. A justiça determinou que a morte de Williams foi causada por medidas de seguranças inadequadas. Sua família recebeu uma indenização de 10 milhões de dólares.

2 - Nove soldados sul-africanos

Nove soldados sul-africanos morreram e outros 14 ficaram feridos em um episódio envolvendo robôs. Isso aconteceu depois que uma arma antiaérea começou a disparar sozinha, em 2007. A arma era um Oerlikon GDF-005. Ela foi projetada para identificar e engajar hostis sem precisar de manuseio humano. Ela pode até se carregar sozinha. As tropas sul-africanas já haviam treinado com a arma no Centro de Treinamento de Combate do Exército em Lohatlha, Northen Cape. Ao perder o controle, a arma disparou 250 balas de 35 milímetros. Há suspeitas de que esse acidente aconteceu por causa de um problema no software ou falha mecânica. Richard Young, engenheiro e CEO de uma empresa de defesa disse que já havia visto essas armas sendo inúteis diversas vezes.

3 - Kenji Urada

Kenji Urada foi morto por um robô em Kawazaki Heavy Industries, em Akashi, no Japão. O acidente aconteceu em 1981 e o homem se tornou o primeiro japonês a morrer por causa de um robô. Ele estava fazendo reparos na máquina na hora do acidente. O robô o prendeu contra outra máquina e o matou. A invenção foi retirada da linha para reparos e substituída por outro robô na fábrica.

4 - Volkswagen

Uma tragédia aconteceu em uma fábrica da Volkswagen em Baunatal, Alemanha, em 2015. Um homem não identificado foi morto por um robô. Ele fazia parte de uma equipe que tinha como função configurar o robô. Estava tudo normal até a máquina agarrá-lo e jogar o operário contra umas chapas de metal. Isso o feriu gravemente e em seguida, ele morreu. Em uma declaração, a empresa afirma que o acidente foi causado por erro humano.

5 - Wanda Holbrook

Em março de 2017, Wanda Holbrook, de 57 anos morreu por um robô na fábrica Ventra Ionia Mains, em Michigan. Ela trabalhava como especialista em manutenção. A máquina que produz peças automotivas é dividida em sessões, onde os robôs de uma supostamente são incapazes de invadir outra. Porém, um robô cruzou a sessão onde Wanda estava trabalhando, pegou uma peça de reboque e deixou cair sobre ela, que morreu instantaneamente. O robô estava tentando carregar a peça, porém, já estava com outra. O marido de Wanda, William, entrou com ações contra cinco empresas envolvidas na produção do robô.

6 - Ana Maria Vital

Ana Maria Vital, de 40 anos, foi morta por um robô em Golden State Foods, City of Industry, na Califórnia em 2009. O robô era um paletizador, responsável por empilhar caixas em paletes. Uma caixa ficou presa nele, quando Maria entrou em sua gaiola para removê-la. O robô estava ligado e agarrou Ana Maria como se fosse uma caixa. Ele esmagou o torço dela e a matou.

7 - Ramji Lal

Em 2015, Ramji Lal, de 24 anos, morreu após ser esfaqueado por um robô da Fábrica de Metais SKH, em Manesa, Índia. O robô pegou uma chapa de metal que não estava bem posicionada, quando Lal tentou ajustar. Ele não foi rápido o suficiente e acabou sendo esfaqueado no abdômen. Ele não morreu instantaneamente, pois foi socorrido e levado para um hospital, onde morreu cerca de 30 minutos depois. Uma autopsia revelou que uma de suas costelas estava totalmente esmagada e ele morreu por sangramento interno.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Via   Listverse  
Imagens Storify
Diogo Quiareli
Diogo Quiareli, 23 anos, Gay, Publicitário, Goiano, Geminiano e Infinito. Uma pessoa extremamente apaixonada pelo universo musical e amante do e-sport. Fiel a memória de RBD e Glee, além de alimentar diariamente a paixão por Katy Perry, Florence and The Machine e 30 Seconds to Mars.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+