• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 planos mais ambiciosos da união soviética

POR Natália Pereira    EM História      26/12/17 às 16h16

Apesar dos planos bem sucedidos realizados pela União Soviética com a intenção de saírem na frente na disputa espacial contra os Estados Unidos, nem tudo deu certo. Alguns projetos que eles pretendiam concluir acabaram beirando a surrealidade ou foram extremamente ambiciosos. Seus cientistas eram cheios de novas ideias e muitas delas eram realmente malucas.

O fato é que colocá-las em prática não era tão fácil quanto se esperava. Apesar disso, para a sorte de muitos, as ideias mais estranhas pensadas por eles foram abandonadas e consequentemente esquecidas. Mas estamos aqui agora para rever esses projetos e entender como eles foram pensados.

1 - A arma climática

Conseguir intervir e influenciar nas condições climáticas é o sonho de muitos e não era diferente na década de 1960. Nesse período eles passaram a acreditar que ter o controle sobre o clima seria uma enorme conquista e os colocaria em vantagem em relação ao seu inimigo. Por esse motivo os cientistas soviéticos passaram a investir na ideia. A ideia maluca fez com que a ONU proibisse em 1977 o uso de qualquer arma que viesse a causar mudanças no clima. Apesar disso, tanto a União Soviética quanto os Estados Unidos continuaram com seus planos e criaram complexos meteorológicos com a capacidade de modificar os processos naturais da ionosfera, a camada ionizada pelas radiações solares e cósmicas que se encontra na atmosfera.

Através disso um laboratório foi criado na Rússia com esses fins. Outro chamado HAARP foi desenvolvido pelos americanos. As pessoas que se encontravam próximas a esses lugares afirmaram ter presenciado luzes incandescentes e esferas vermelhas sobre o céu. Elas seriam resultado de uma formação de plasma feita nos estabelecimentos ilegais. Apesar disso alguns acreditam que esses relatos não possuem embasamentos reais.

2 - Estações de radar Duga

As estações foram instaladas nas cidades de Komsomolsk do Amur, Nikolaev Chernobyl e eram estruturas realmente grandes. As estações produziam um sinal tão forte que podia interferir por um período nas frequências de onda curta de todo o mundo. Elas foram criadas com a intenção de detectar o lançamento de mísseis balísticos intercontinentais antes que eles acontecessem.

3 - Base submarina subterrânea de Balaklava

Também conhecida como Objeto 825GTS, a base se trata de uma instalação secreta para a defesa antinuclear de primeira categoria. Ela se encontra na Crimeia e é capaz de aguentar o contato direto com uma bomba atômica de 100 quilotons. Sua extensão consegue guardar até nove navios submergíveis pequenos ou sete médios. Além disso ainda suporta 3000 pessoas e possui 600 metros de canais de navegação. O local é hoje um museu e não é mais usado para fins militares.

4 - Estações de radar Daryal

Assim como as estações de radar Duga, Daryal pretendia prever o lançamento de mísseis. Elas eram estações de segunda geração e atuaram durante mais de duas décadas. Sendo um dos principais métodos de alerta soviético.

5 - Rádio Cerebral

O projeto foi feito pelo engenheiro elétrico Bernard Kajinski em 1923 e pretendia transformar impulsos cerebrais em sinais de longa distância. Sua ideia chegou a ser apoiada pelas autoridades e ele viajou pela Europa e América do Norte dando palestras sobre como o corpo humano era uma estação de rádio viva e capaz de receber e emitir sinais. Seu primeiro experimento foi feito em Moscou. Ele utilizou ondas de rádio de baixa frequência para influenciar cães a pegarem determinado livro em uma pilha e levá-lo até o cientista. Apesar de ter tido um bom resultado no começo logo os cães pararam de obedecer as ordens. Kajinski então acabou deixando o projeto de lado e apesar de outros cientistas terem tentado dar continuidade a ele nenhum deu obteve progresso.

O objetivo do serviço secreto ao apoiar os experimentos era utilizá-los futuramente para influenciar as pessoas.

6 - Pedras de "leo

Um grande número de extrações de óleo feitas sobre o mar Cáspio fez com que uma cidade fosse construída sobre ela. A cidade chamada de Neftyanye Kamni foi formada sobre enormes pilares de ferro. Ela chega a contar com hospitais, edifícios residenciais, escolas, parques e uma usina elétrica, sendo realmente completa. Apesar de muitos de seus moradores terem abandonado o local após a extração de seu óleo não ser mais tão lucrativa como antes, o local ainda conta com 2000 pessoas.

7 - Campo de provas nucleares de Semipalatinsk

A cidade soviética de Semipalatinsk contem um polígono utilizado para provas nucleares. O local era o principal estabelecimento de testes atômicos da União Soviética e pertence hoje ao Cazaquistão. Ela parou de ser utilizada apenas em 1991 depois de 40 anos ativa. Nela foram feitas 473 explosões para o teste de equipamentos.

Muitos testes estranhos foram feitos durante esse período em vários lugares, mas você sabia sobre esses projetos criados pela União Soviética? Sabe de mais algum estranho plano feito por eles que deveria estar na lista?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+