7 razões pelas quais Michael Bay não deveria fazer mais filmes de Transformers

POR Gabriela Tyemi    EM Fatos Nerd      16/03/18 às 17h27

A ideia de "quanto mais melhor" pode soar muito bem quando o assunto é dinheiro. Para isso, vale até destruir uma franquia cinematográfica, não é mesmo Michael Bay e companhia? Transformers está aí para provar isso. Franquias geram muito dinheiro e não é por acaso que os estúdios estão sempre de olho nelas. O problema é quando o dinheiro se eleva à arte e as sequências começam a ser feitas sem nenhum respeito a história.

Michael Bay já mostrou ser um excelente diretor entregando filmes como Armagedom (1998), A Ilha (2005) e Pearl Harbor (2001). Mas ele simplesmente perdeu o controle com os filmes longos de Transformers - que não são necessariamente ruins, mas poderiam ser melhores. Por isso, decidimos separar 7 razões pelas quais Michael Bay não deveria fazer mais filmes de Transformers:

1 - Criatividade perdida

Criatividade e invenção andam de mãos dadas - características que não vemos há muito tempo nos filmes de Michael Bay. Por que não introduzir algo novo ao universo da franquia? Algo que faça o público ficar animado e comentar. Talvez reviver um personagem interessante dos quadrinhos... Com Bay no comando, isso parece pouco provável de acontecer - e, quando acontece, não fica tão bom quanto poderia.

2 - Falta de sentimentos

Com muitos robôs esteticamente parecidos, sem nenhuma característica que ajude o público a criar uma ligação forte com eles, fica difícil assimilar um do outro - com poucas exceções, claro. Seria incrível ver algum tipo de vínculo ou emoção mais profunda derivado do diálogo entre eles e os humanos. Claro, por definição, os robôs são máquinas incapazes de ter algum tipo de sentimento, mas estamos falando de autobots, e seria bem interessante se eles tivessem algum tipo de sentimento mais profundo. Infelizmente, Bay não parece ser do tipo sentimentalista...

3 - Diálogos ruins

Colocar palavras na boca dos personagens em uma conversa que não leva a lugar nenhum é perda de tempo. Inevitavelmente, os filmes de Transformers ficam mais longos e cansativos por causa disso. Que tal colocar mais diálogos que acrescentem algo para a história? Nós amamos a porradaria, mas não dá pra fazer um filme só de batalha. Diálogos também não é o ponto forte de Michael Bay.

4 - Fórmula velha

Um filme simples que não nos obriga a pensar demais pode ser bastante divertido... mas esse nem sempre é o caso de Transformers. Os conceitos aparentemente simples dos filmes de fato não são chatos ou redundantes, mas dificilmente resultam em uma história significativa. Transformers não tem profundidade e cada filme é mais do mesmo. Um novo nome na direção poderia significar também novos ares para a franquia, e quem sabe o que isso poderia resultar? Coisas boas!

5 - Cadê o enredo?

O que aconteceu com o enredo? Michael Bay poderia ter unido as histórias dos filmes, mas ele não fez. Enquanto tudo estava destruindo, os robôs estavam intactos. A premissa inteira de O Último Cavaleiro era demonstrar o passado que irianos  dar uma perspectiva de quanto tempo os humanos tiveram contato com os autobots... mas isso foi rapidamente arruinado. Basicamente, os filmes de Michael Bay são compostos de efeitos visuais, diálogos que não chegam a lugar nenhum, histórias desperdiçadas e sequências de ações complicadas.

6 - Não combina com os quadrinhos

Não recebemos o ambiente urbano nostálgico dos anos 1980 que conhecemos e amamos dos quadrinhos de Transformers. Além disso, parece que não há interesse em colocar alguns personagens tanto dos quadrinhos, como dos desenhos animados, nos filmes.

7 - Humor inexistente

Há um pouco de humor no roteiro de Transformers que passa despercebido devido a outros elementos que dominam o momento. Geralmente, há uma breve pausa depois de um diálogo engraçado, que serve como um espaço para o público dar gargalhadas no cinema. Isso não acontece nos filmes de Transformers. Assim, a sequência mal elaborada impede o pequeno toque de humor que a franquia poderia fornecer. Quem sabe um diretor diferente possa resolver isso. Talvez alguém da Marvel... (brincadeira)

Concorda com a matéria? Deixe nos comentários o que você faria para salvar a franquia Transformers e compartilhe a matéria.

Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+