Fatos Nerd

7 filmes spin-off tão bons ou melhores que os originais

0

Assim como remakes e reboots, é normal vermos uma recepção meio negativa quando um spin-off é mencionado. Ademais, costuma-se pensar que esse é um recurso utilizado por grandes franquias, quando as ideias se esgotaram, mas a vontade de ganhar dinheiro não. Sendo assim, nada mais fácil do que lucrar em cima da popularidade de personagens já consolidados, sem se preocupar a fundo com a história.

Ao passo que é compreensível que muitas pessoas pensem assim, também é importante lembrar que generalização nunca é algo justo. Logo, existem casos de spin-offs que se saem tão bem ou, em certos casos, melhor que a franquia original. Pensando nisso, selecionamos alguns exemplos genuinamente bons que refletem o quanto esses segmentos podem apresentar resultados pra lá de surpreendentes.

7 – Animais Fantásticos e Onde Habitam

Quando o filme britânico foi anunciado, não sabíamos muito bem o que esperar. Visto que integrava o universo mágico de Harry Potter, as expectativas eram altas. Contudo, ao mesmo tempo, havia aquele pé atrás com a possibilidade da nova aposta da Warner Bros. não fazer jus à série de filmes originais. No entanto, surpreendentemente, o prelúdio caiu rapidamente na graça dos fãs. Além de trazer um protagonista extremamente carismático, como Newt Scamander, a produção conta com personagens que preenchem muito bem espaços que nem sabíamos que haviam sido deixados em HP. Ademais, o fato de a própria J. K. Rowling ter adaptado o roteiro, foi um elemento fundamental para o sucesso da nova franquia, que contará com cinco filmes no total.

6 – Deadpool

Deadpool, também conhecido como o melhor filme já feito dos X-Men, é inegavelmente o primeiro acerto de Ryan Reynolds, em uma produção de super-heróis. Visto que, em 2009, a Fox já tentava plantar a ideia do astro como o mercenário imortal no terrível X-Men Origens: Wolverine, é notável a melhora conceitual. Assim, em 2016, fomos apresentados ao desbocado e totalmente fora do convencional, Wade Wilson. Rapidamente, Deadpool se tornou um fenômeno cultural, um sucesso de bilheterias e uma revolução nos filmes de quadrinhos. Apesar de possuir uma classificação indicativa voltada para maiores, o longa não deixou de ser um destaque econômico, a ponto de ganhar uma sequência e até uma versão para toda a família. Graças a esse filme hoje contamos com adaptações dos quadrinhos que se arriscam mais, tendo como maior exemplo, Coringa.

5 – Rogue One

Embora Rogue One não seja o maior filme de Star Wars de todos os tempos, é melhor que os prelúdios, Han Solo e O Retorno de Jedi. Além disso, é mais atado e focado que O Último Jedi e O Despertar da Força. Logo, isso significa que esse spin-off proporciona ao expectador uma experiência mais satisfatória no geral. Ademais, a produção também funciona muito bem, quando assistido juntamente com Uma Nova Esperança, se consolidando merecidamente entre o legado de Star Wars. Ao passo que esse filme, nem precisava existir, é surpreendente o quão icônico ele se tornou. Ao contrário de muitos spin-offs dessa lista, esse prelúdio não era essencial para a história, porém sua excelente execução o tornou imprescindível. Como resultado disso, hoje, é impossível assistir Uma Nova Esperança sem imaginar o sacrifício, envolvendo o esquadrão suicida de Rogue One.

4 – Creed

Nem é preciso dizer a importância que a franquia Rocky tem para a história do cinema. No entanto, enquanto o primeiro filme possui uma qualidade inquestionavelmente boa, suas sequências deixam bastante a desejar. Felizmente, Rocky Balboa trouxe as coisas de volta aos trilhos, porém ainda existia aquela sensação de que algo estava faltando. Logo, se tornou óbvio de que a série precisava de uma reinvenção. Assim, em 2015 surgiu Creed. Embora ninguém esperasse nada do filme, o mesmo se mostrou tão bom quanto aquele que deu origem a toda a mitologia do lutador criado por Sylvester Stallone. A incrível performance de Michael B. Jordan, juntamente com a impecável direção de Ryan Coogler, era exatamente a reformulação que a franquia precisava. Creed capturou o espírito de Rocky, sem deixar de lado sua autenticidade.

3 – Bumblebee

No começo Transformers surgiu como uma franquia revolucionária. Todavia, com o passar do tempo os filmes foram saturando e gradativamente perdendo a qualidade. Além da queda na aprovação do Rotten Tomatoes, os últimos filmes tiveram uma significativa diminuição nos lucros. Portanto, assim como no caso de Rocky, pareceu o momento certo para uma reformulação. Assim, superando todas as probabilidades, Bumblebee chegou como um milagre. Contrariando totalmente a incoerência dos filmes de Michael Bay, o spin-off apresentou personagens adoráveis, uma história simples, porém, emocionante e todos os outros elementos ausentes na série original. Ademais, até as cenas de ação se tornaram melhores, já que possuíam um contexto e não eram apenas grandes blocos de metal se chocando. No entanto, a maior vitória desse spin-off foi conseguir deixar as pessoas animadas com Transformers novamente.

2 – Coringa

Apesar de não ser um spin-off propriamente dito, Coringa carrega um personagem de outra série. Logo, podemos dizer que o mais recente filme do Palhaço do Crime é, facilmente, o melhor live-action da DC, até o momento. Só para ilustrar, apesar de toda a falta de fé por parte da produtora, o longa conseguiu alcançar um bilhão nas bilheterias e se tornar o filme baseado em quadrinhos de maior retorno na história. Isso foi mais que o suficiente para levar a Warner a investir no Black Label, nos cinemas. Contraditoriamente, o maior alvo de críticas no longa é também seu maior trunfo. A produção é um clássico exemplo de narrativa que provoca seu desconforto. Ao passo que esse elemento poderia ter tornado o filme confuso ou pretensioso, tivemos como resultado algo intimidador e coerente. Graças a Coringa, os fãs do Cavaleiro das Trevas tiveram uma perspectiva incomparável de Gotham.

1 – Logan

Além de ser o melhor filme da trilogia de spin-offs do Wolverine, Logan é também o melhor longa de X-Men já feito. Ademais, a produção de despedida do mutante de Hugh Jackman é considerada uma das melhores adaptações de todos os tempos. No entanto, o que torna Logan tão especial? Poderíamos dizer que é a tocante relação entre Charles, Logan e Laura, a performance explosiva de Dafne Keen ou a excelente retratação da brutalidade e ação inflexível inspiradas pelos filmes de faroeste. Contudo, o maior diferencial de Logan está na efetividade com que traduz o aspecto vulnerável e humano dos super-heróis. Ademais, o longa consegue mesclar com sucesso os aspectos requeridos em um blockbuster, sem deixar de lado a intensidade emocional. Sendo assim, é certamente algo que Martin Scorsese consideraria como cinema.

E então, o que achou da lista? Discorda de algum dos selecionados? Tem algum outro spin-off que merecia estar aqui? Compartilhe sua opinião com a gente.

Anime de Pokémon revela origem trágica do Pikachu

Matéria anterior

Conheça a criatura mais esquisita do mundo, que é mamífero, réptil e ave

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos