• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 razões pelas quais uma guerra nuclear seria 'algo bom' para a Terra

POR Mateus Graff    EM Curiosidades      22/08/18 às 17h28

Guerra nuclear, ou guerra atômica, é uma guerra na qual são usadas armas nucleares. Só para vocês terem uma ideia, só foram usadas armas nucleares no final da Segunda Guerra Mundial. No caso, as cidades bombardeadas pelos Estados Unidos foram Hiroshima e Nagasaki, no Japão. Desde então, nunca mais houve uma ataque nuclear em uma guerra.

Bom, vocês já devem ter parado para pensar nos estragos que uma guerra nuclear poderia fazer ao mundo, certo? Pois fique você sabendo que as coisas não ficariam tão ruins assim, ao menos para o nosso planeta. Calma, a Fatos Desconhecidos não ficou maluca, a gente explica para vocês porque diabos uma guerra nuclear não seria tão ruim assim para o nosso planeta, confiram:

1 - A Terra não seria destruída

A ideia de que as armas nucleares poderiam dizimar a humanidade, de certo modo é verdade. A maior bomba nuclear dos EUA pode aniquilar milhões de pessoas em poucas horas, assim como as armas nucleares da Rússia. Mas parece que para o nosso planeta essas armas não representam uma ameaça tão grande assim.

O asteroide que exterminou os dinossauros, por exemplo, liberou energia equivalente a 10 milhões de bombas atômicas de Hiroshima. Mesmo liberando tamanha energia, estima-se que 25% da vida do nosso planeta sobreviveu.

Bom, mas e se caso todas as armas nucleares do mundo fossem usadas no mesmo momento? Estima-se que o mundo tenha 14.500 armas nucleares e mesmo essa quantidade não seria capaz de exterminar o nosso planeta.

2 - A vida continuará a existir aqui na Terra

Mesmo que todas as bombas nucleares fossem usadas, a vida continuaria existindo nesse mundo. Isso porque a capacidade de sobreviver das espécies em um mundo "pós-apocalíptico" é incrível. Já foram feitos estudos que demonstram formas de vida simples sendo capazes de resistir a grandes quantidades de radiação sem sofrer efeitos.

Querem exemplos? Alguns certos tipos de vespas, mosca da fruta e baratas. Ah, não podemos esquecer de citar o tardígrado, um pequeno animal que possui um mecanismo genético que permite que ele sobreviva à radiação letal. O mundo acabaria sendo dominado por insetos, mas quem disse que isso é ruim? Até porque, quem prejudica a Terra não são os insetos e sim os humanos.

3 - A radiação não duraria muito tempo

A radiação é um dos maiores problemas com uma explosão nuclear. Mas a radiação não duraria tanto tempo assim. De começo, a maior parte da radiação seria eliminada em questão de segundos e iria deixar para trás uma quantidade bem menor de elementos radioativos que duram um pouco mais.

Aí, de resto, tudo dependeria das circunstâncias da explosão. Quando uma bomba é detonada a poucos quilômetros da superfície, os efeitos do material radioativo são reduzidos. Um exemplo são as bombas de Hiroshima e Nagasaki que, depois de décadas que foram detonadas, a população pode voltar a habitar as cidades sem grandes complicações.

Mas se a bomba for detonada no solo, o marco zero (lugar onde a bomba caiu) será inabitável por anos ou até décadas. Mas se formos pensar bem, não é tanto tempo assim.

4 - Quem disse que eventos de extinção são ruins para a vida?

Pode parecer loucura, mas ironicamente a extinção não é tão ruim assim. Depois de cada extinção na Terra, as criaturas sobreviventes evoluíram para formas de vida mais complexas, resultando em uma diversidade de seres nunca vistos antes.

Evidências científicas mostram que já aconteceram pelo menos cinco extinções em massa no passado. Depois de milhões de anos, estamos nós aqui escrevendo matérias para os nossos leitores. O que podemos ver é que os eventos de extinção são inevitáveis, pois eles fazem parte do ciclo biológico da Terra.

5 - As bombas fazem a prevenção de terremotos

Você deve estar se perguntando qual é a relação entre as bombas nucleares e os terremotos, certo? Bom, em 2017 um teste nuclear na Coreia do Norte desencadeou um terremoto de magnitude 6,3 seguido por vários tremores secundários.

Mas não foi a explosão que causou o terremoto. Na verdade, a Coreia do Norte estava sobre uma falha tectônica ativa e o teste nuclear liberou o "estresse" que estava armazenado na crosta. Sendo assim, uma explosão nuclear pode liberar esse tal "estresse tectônico" do solo, o que pode causar pequenos terremotos mas evitar terremotos maiores e mais destrutivos.

6 - Nossa camada de ozônio receberia uma grande melhoria

A camada de ozônio se estende por 10 a 50 quilômetros acima da superfície terrestre. Uma das funções da camada de ozônio é preservar a nossa vida. Uma explosão nuclear liberaria gases e óxido nítrico, causando a desintegração do ozônio atmosférico.

Não entendeu nada? Resumindo, a camada de ozônio seria reduzida e a Terra ficaria exposta a altas doses de radiação UV. Mas isso não seria ruim para a Terra? Na verdade isso aconteceria por pouco tempo. Em baixas altitudes o óxido nítrico liberado reage com outros elementos para formar ozônio em grandes quantidades.

Sendo assim, as bombas nucleares iriam liberar enormes quantidades de produtos químicos para formar o ozônio. O resultado final seria um aumento no ozônio troposférico que protegeria a vida na Terra da superfície enquanto reduz a temperatura global.

7 - Essa seria uma segunda chance para a humanidade

Vocês tem que ter na cabeça que a população não desapareceria completamente. Em primeiro lugar, armas nucleares geralmente são concentradas em pequenas áreas e por isso as maiores bombas nem sempre são as mais destrutivas.

Em segundo lugar, uma explosão nuclear não elimina completamente a vida na área. Na bomba de Hiroshima, por exemplo, uma pessoa sobreviveu a explosão mesmo estando a 170 metros da mesma. Em uma guerra nuclear, os alvos com certeza serão cidades mais importantes. Ainda assim haveria muitas áreas menores habitadas com sobreviventes.

Segundo Albert Einstein, a 4º Guerra Mundial seria travada com "paus e pedras". Será que ele estava certo? Um acontecimento desses poderia ser um inevitável controle populacional e seria um ponto de virada para a história da humanidade. Será que uma guerra nuclear poderia servir de exemplo para a humanidade?

Mas e você, já tinha parado para pensar que uma guerra nuclear não seria tão ruim assim para o planeta Terra? Comente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+