Curiosidades

7 razões pelas quais você tem uma péssima memória

0

Lembrar de datas comemorativas, dias importantes, de quando um namoro começou ou ainda de qualquer compromisso que esteja mais à frente, não é uma coisa fácil para algumas pessoas. Existem aquelas pessoas que têm problemas e esquecem palavras, têm pensamentos confusos e talvez até tenham dificuldades em se lembrar de novos rosto.

Com o passar dos anos, nós vamos perdendo a memória e talvez coisas como essas aconteçam naturalmente. Pode ser talvez que sejam sinais de degradação cerebral ou demência, mas se você não tiver passado dos 60 anos, essa possibilidade pode não ser a realidade. O comprometimento da memória pode ter várias causas, e listamos aqui as fontes mais recorrentes.

1 – Efeito entrada

Quem nunca estava indo fazer uma coisa e quando passou pela porta, esqueceu completamente o que tinha que fazer? O problema nessa situação, por incrível que pareça não está na sua memória, mas sim na porta. Três psicólogos da Universidade de Notre Dame, no Estados Unidos, fizeram um estudo para investigar esse fenômeno.

A conclusão que eles chegaram foi de que a memória está ligada a eventos e o cérebro armazena informações que ele acha relevante. E ao deixar um cômodo, o cérebro entende como a conclusão de uma tarefa. Por isso, quando você sai de um cômodo, a informação secundária que estava na sua cabeça é apagada periodicamente.

2 – Desaparecimento de memórias

No filme ‘A juventude’, em um diálogo entre os personagens principais, dois homens velhos, um conta ao outro  sobre o seu primeiro amor e conta como não consegue se lembrar do rosto da menina, mas apenas da emoção que sentia. E isso nada mais é do que natural. Com o passar do tempo, todas nossas memórias se transformarão em emoções com uma imagem meio vaga.

3 – Tipo de memória

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Toronto realizou um estudo com 272 estudantes em que eles tinham que memorizar algumas informações, mas eles tinham condições diferentes para fazê-lo. Alguns tinham muito tempo, outros eram apresentados a ela rapidamente e alguns apenas pincelavam ela no meio de alguma conversa.

O que foi visto é que a informação é armazenada na memória de formas diferentes, ou como memória completa ou como um conhecimento. Ou seja, quando armazenada como uma lembrança fica claro para nós, mas quando é como um simples conhecimento, ela fica armazenada sem detalhes específicos. Podemos não esquecer, mas a priori não lembramos da ação.

4 – Esquecimento

Do ponto de vista da psicanálise, o esquecimento é visto como um processo ativo, o que isso quer dizer é que as lembranças podem mudar. Colocando em exemplo, é que sua memória de algo atual pode não ser o jeito que você se lembrava dela no começo. Além disso, podemos colocar experiências traumáticas no inconsciente.

5 – Depressão clínica

Outro fator que pode prejudicar a memória podem ser sinais de depressão clínica. Isso é porque quando estamos em um período negativo, nosso corpo se sente constantemente em uma zona de desconforto. Isso faz com que ele tente se desconectar do fluxo de informações, o que causa esquecimentos de curto prazo.

6 – Sintomas

Algumas doenças podem afetar a memória de curto prazo. Os sintomas começam menores e alguns sintomas podem ser precursores de algumas doenças como Alzheimer, diabetes, osteocondroses, arteriosclerose e doenças das glândulas da tireoide.

7 – Falta de vitamina

Deficiência de vitamina B12 pode acontecer com veganos sem acompanhamento nutricional, pessoas desnutridas, alcoólatras e quem tiver alterações na capacidade de absorção do estômago. A falta dela altera o funcionamento cerebral e prejudica a memória e o raciocínio.

10 segredos culinários que apenas grandes chefs sabem

Matéria anterior

Essa tumba de 4 mil anos foi encontrada intacta no Egito

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.