8 defesas psicológicas que todo mundo precisa conhecer

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      28/03/18 às 18h44

Os mecanismos de defesa se manifestam no inconsciente, a fim de evitar experiências traumáticas e negativas. Mas, muitas vezes esses mesmos mecanismos podem nos impedir de vivenciar as experiências necessárias para nosso desenvolvimento pessoal e no meio em que vivemos.

Os terapeutas tentam ajudar seus pacientes a entenderem e a contornarem esses comportamentos, que muitas vezes podem se tornar verdadeiras armadilhas da mente. Hoje, listamos oito dos principais mecanismos de defesa utilizados pelas pessoas e que devem ser reconhecidos a fim de se evitar maiores problemas e a somatização de suas consequências.

1 - Deslocamento

O deslocamento é a eliminação das experiências desagradáveis da mente. Ele pode ser comparado a uma represa que pode se romper a qualquer momento, trazendo as lembranças que causam o desconforto psicológico à tona. O que pode causar extremo desgaste psicológico.

2 - Projeção

A pessoa inconscientemente atribui seus sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades às pessoas ao seu redor. Esse mecanismo permite remover a responsabilidade sobre seus atos e atribuí-las a terceiros. O ciúme irracional, por exemplo, pode ser resultado do indivíduo se defendendo do desejo de ser infiel. Dessa forma a mente projeta a suspeita de traição sobre o parceiro.

3 - Introjeção

 

É a tendência de incorporar indiscriminadamente normas, atitudes, regras de conduta, opiniões e valores de outras pessoas sem reconsiderá-las criticamente. É como engolir pedaços enormes de comida sem mastigá-los.

4 - Fusão

 

Na fusão, a diferença entre o "eu" e o "nós" inexiste. Isso é claramente expresso nos primeiros anos de vida de um bebê. A mãe e a criança estão em um estado de fusão, o que promove a sobrevivência da criança. A mãe é muito sensível às necessidades de seu filho e reage rapidamente a elas. Mas neste caso, é uma manifestação saudável desse mecanismo de proteção.

Porém, em um relacionamento entre dois adultos, a fusão impede o desenvolvimento do casal e dos indivíduos que o compõem. O grande problema consiste na dificuldade de expressão da individualidade do ser. Os parceiros se dissolvem, o que pode, mais cedo ou mais tarde, acabar esfriando a relação.

5 - Racionalização

 

A racionalização é uma tentativa de encontrar as "razões" para o surgimento de uma situação desagradável. O objetivo desse mecanismo é manter um alto nível de autoestima. E de se convencer e se isentar da culpa. Obviamente seria mais benéfico para seu crescimento e desenvolvimento pessoal assumir a responsabilidade por seus atos, e aprender com a experiência.

6 - Negação

Neste mecanismo, o indivíduo ignora fatos irrefutáveis. Dessa forma, protegendo sua psique de traumas. É uma total recusa sobre situações desagradáveis. Muitas vezes a negação é a primeira reação à dor de uma perda.

7 - Regressão

 

A regressão nos permite atravessar uma situação traumática, retornando inconscientemente às formas habituais do comportamento infantil. Choro, birras, apelo emocional, etc. No inconsciente, aprendemos que dessa forma iremos garantir a atenção e apoio.

A regressão também é uma forma para se livrar do peso das responsabilidades. Pois, assim como quando crianças, nossos pais eram responsáveis pelas decisões e várias outras coisas. O abuso desse mecanismo por ocasionar o surgimento de doenças psicossomáticas, e dificuldades de lidar com as pessoas.

8 - Sublimação

A sublimação se manifesta na tentativa de esquecer um evento traumático, realizando atividades como se expressar através da arte, ou a prática de esportes. Através da sublimação o mundo ganhou diversas obras. É muito mais benéfico para si mesmo e para sociedade escrever uma poesia, fazer um desenho ou realizar um trabalho artesanal do que se embebedar e sair por aí arranjando confusão.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários abaixo a sua opinião e não se esqueçam de compartilhar com os amigos.

Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+