8 imagens que mostram ângulos da vida de pessoas comuns que ninguém vê

POR Gustavo Camargo    EM Curiosidades      20/07/17 às 14h21

O quão você presta atenção nas coisas que estão acontecendo em sua volta? A verdade é que na correria do nosso dia a dia, deixamos passar inúmeras informações debaixo do nosso próprio nariz.

Albert Elm, é um fotógrafo que mora na Dinamarca, que ama sua profissão. Quando se mudou de Aahus para Odense em sua adolescência, ele teve muita dificuldade para se adaptar a nova vida, o que acabava fazendo ele passa a maioria do tempo caminhando sozinho. Elm dedicava todo seu tempo livre para a fotografia, dar alguma direção para todos aqueles sentimentos que ele estava sentindo. Isso acabou o ajudando a explorar novos lugares e conhecer pessoas novas.

Um dos principais diferencias de Elm seja sua estética. "Acho que as melhores fotos são tiradas em situações espontâneas e encontros aleatórios. Normalmente tiro fotos rápidas de pessoas que conheço, amigos, família, e lido com isso depois quando edito meu material", "Gosto de retratar o bizarro na vida ordinária, e como o próprio conceito de 'ordinária' é relativo. Quanto mais lugares conheço, menos minhas fotos são sobre os lugares para onde viajo. Acho interessante tentar fazer fotos que contam histórias sobre a vida num contexto maior, em vez de simplesmente documentar como é a vida em um lugar em particular." Diz ele.

Em 2006 em Sofia, Bulgária, ele acabou perdendo todo seu equipamento. Ele comprou uma pequena câmera de bolso e trabalhou para um fotógrafo local para poder comprar filme com preço acessíveis.

"Ter uma câmera simples me permitia tirar fotos sem me preocupar com a técnica", explica Elm. "Com os anos, comecei a me conhecer melhor fotograficamente. Vi padrões na maneira como eu fotografava, e dali comecei a refinar a maneira como eu abordava essas tendências."

Talvez ser um cara com a mente aberta seja uma grande parte de Elm no ramo da fotografia,  e ter um estilo de vida nômade é o que o faz sentir em casa. "Sempre estive em movimento", explica. "Meus pais se separaram quando eu era bem novo, então passei muito tempo andando de trem."

O trabalho do rapaz não parece sempre seguir o mesmo padrão, sempre apontando em direções diferente. Em vez disso, ele sugere um jeito de buscar e fazer perguntas sem estar interessado numa resposta."Procuro por detalhes que acho que contam uma história sobre ser humano."

Pensando nisso, nós do Ultra Curioso, listamos para vocês algumas dessas imagens que mostram um angulo da vida que ninguém vê:

#1

#2

#3

#4

#5

#6

#7

#8

E ai, o que acharam das fotografias? Gostou? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Via   Vice  
Imagens Esam
Gustavo Camargo
Gustavo Camargo, 18 anos, Goiano, Publicitário, Homão da Porra. Fascinado por League of Legends, Hearthstone, Lúcifer (série) e Literatura.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+