• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

9 GIFs que explicam como é viver um ataque de pânico

POR Gustavo Camargo    EM Entretenimento      29/08/17 às 16h37

Você já ouvir falar na síndrome do pânico? Essa síndrome é um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises insperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça, mesmo que não tenha motivo para isso ou sinais de perigo eminente.

Pessoas que sofrem desse transtorno tem crises de modo recorrente e inesperado. As crises são seguidas de preocupação persistente com a possibilidade de ter novos ataques e com as consequências desses ataques, seja dificultar sua rotina do dia a dia, seja por medo de algum momento perder o controle, enlouquecer ou ter um ataque no coração a qualquer momento.

As crises da síndrome geralmente começam no começo de uma vida adulta. apenas disso, podem ocorrer depois dos 30 anos e duranta a infância, embora no último caso ela possa ser descoberta só depois que as crianças já forem mais velhas. Na maioria das vezes a síndrome costuma afetas mais mulheres do que homens.

Pensando nisso e em nossos leitores, nós do Ultra Curioso, separamos para vocês alguns GiFs que explicar bem como é viver um ataque de pânico:

1 - Todo mundo parece estar olhando para mim

2 - Não posso me mover, falar ou raciocinar

 

3 - Minha cabeça fica assim

4 - Quando eu comecei a chorar?

5 - Está ficando quente aqui

6 - Muitos pensamentos ao mesmo tempo

7 - Todas as pessoas são uma preocupação

8 - Preciso de ajuda

9 - Eu não me gosto

E ai, o que acharam dos GIFs? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   Greatist     MinhaVida  
Imagens Growlandia
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+