História

A história da Torre Eiffel

0

A Torre Eiffel é uma torre de ferro do século XIX, localizada no Champ de Mars, em Paris. O monumento tornou-se um ícone da cidade, do país e da Europa, o qual recebe milhões de visitantes todos os anos. A torre é, sem dúvidas, o edifício mais alto da cidade, além de ser o monumento pago mais visitado do mundo.

A Torre Eiffel foi construída para o evento “Exibição Universal”, que ocorreu em Paris no ano de 1889. O evento foi realizado no centenário da Revolução Francesa. Por meio de uma competição desenvolvida pelo governo francês, diversos engenheiros e arquitetos apresentaram seus projetos. O engenheiro francês Gustave Eiffel foi o vencedor e a construção de seu projeto levou cerca de dois anos.

torre

Wikicommons

Ele também participou do projeto da Estátua da Liberdade, em Nova York, Estados Unidos, e da Ponte Maria Pia, no Porto, Portugal. Apesar da relevância mundial que a torre possui hoje, nem sempre foi assim. Antes mesmo de ser construída, o monumento foi alvo de várias críticas.

Muitos intelectuais e artistas da época a consideravam uma construção sem nenhuma qualidade estética louvável. Membros da elite intelectual parisiense chegaram a liderar um movimento exigindo a demolição do que eles chamavam de “inútil e monstruosa torre”, “odiosa coluna de ferros aparafusados” e “gigantesca chaminé de usina”.

Inaugurada em 31 de março de 1889, a ideia inicial para a torre era que ela fosse desmontada após o final do evento. Entretanto, ela permanece até hoje no local e é, inclusive, um grande marco da França.

A torre

O ícone parisiense possui 324 metros de altura e fica cerca de 15 centímetros mais alta no verão, devido à dilatação térmica do ferro. Foi a estrutura mais alta do mundo desde a sua conclusão até 1930, quando perdeu o posto para o Chrysler Building, em Nova Iorque. Apesar disso, a Torre Eiffel é a segunda estrutura mais alta do país, atrás apenas do Viaduto de Millau, concluído em 2004.

A torre tem três níveis para os visitantes. Os ingressos podem ser adquiridos nas escadas ou nos elevadores do primeiro e do segundo nível. A caminhada para o primeiro nível é superior a 300 degraus. O terceiro e mais alto nível só é acessível por elevador. Do primeiro andar vê-se a cidade inteira, tendo no andar sanitários e várias lojas, e no segundo nível um restaurante.

Para que a torre fosse construída, foram utilizados mais de 18 mil peças em ferro e 2,5 milhões de parafusos. Ao todo, contabilizando o peso de suas várias camadas de pintura, a torre acabou ultrapassando as 10 mil toneladas.

ArchDaily

Em razão de sua importância, a Prefeitura de Paris e a Sociedade de Exploração da Torre Eiffel gerenciam os custos gerados pelo patrimônio, já que se trata do monumento pago mais visitado do mundo. Uma curiosidade acerca da relevância do ícone é que a torre foi usada como o logotipo da candidatura francesa para sediar os Jogos Olímpicos de Verão de 1992.

Atualmente, em razão de sua notoriedade no espaço urbano parisiense, a torre ganha uma iluminação especial que varia de acordo com a celebração de alguma data ou evento de importância maior. Uma curiosidade é que há diversas réplicas da Torre Eiffel pelo mundo, como em Las Vegas (Estados Unidos), Sucre (Bolívia), Tóquio (Japão), Hangshou (China), Urais (Rússia), Calcutá (Índia) e Naqura (Líbano).

Qual temperatura máxima o corpo pode aguentar?

Matéria anterior

Quando começou as tradições de formatura?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos