Asterix e Obelix previram o novo Coronavírus na Europa
Tempo de leitura:2 Minutos, 16 Segundos

Asterix e Obelix previram o novo Coronavírus na Europa

Muitas vezes, nos vemos sendo surpreendidos pela assertividade dos Simpsons. Não apenas uma, mas diversas vezes, a sitcom animada desenvolvida por Matt Groening nos chocou ao prever o futuro. Só para ilustrar, a série já havia cogitado a existência do Pokémon GO, do peixe mutante de três olhos e até mesmo do vírus Ebola. No entanto, é válido ressaltar que os personagens de Springfield não são os únicos profetas da cultura pop. Visto que o Coronavírus tem gerado certa preocupação por aí, é importante dizer que Asterix e Obelix, os gauleses mais amados dos quadrinhos, já haviam previsto a chegada da enfermidade na Europa.

Em uma história em quadrinhos publicada em 2017, os personagens antológicos criados por Albert Underzo e René Goscinny, enfrentaram um Coronavírus. Embora na publicação o vírus tenha sido personificado como um adversário mascarado e não tenha nenhuma semelhança com o caso que assola a Itália no momento, foi uma surpresa folhear as páginas de Asterix e a Transitálica e encontrar esse nome que vem gerando pânico. Na história, o vilão tem o mesmo nome da temida doença devido à uma brincadeira recorrente na série. Assim como Asterix, Obelix e personagens gauleses tem o nome terminado com o sufixo “ix”; os personagens romanos tem seu nome finalizado por “us”.

Coincidentemente, essa narrativa foi ambientada na Itália, país onde o Covid-19 tem feito vítimas. No entanto, no fim das contas, os gauleses venceram o inimigo mascarado em uma corrida de bigas. Enquanto aguardamos um final feliz na vida real, na imagem acima você pode ter um vislumbre da história.

Mais sobre Asterix e Obelix

Assim como mencionamos acima, Asterix e Obelix são personagens criados por Underzo e Goscinny. Ambos estrearam na série, Asterix, o Gaulês em 1961 e fizeram tanto sucesso que suas histórias ganharam traduções em diversas línguas. Ademais, os dois gauleses não ficaram apenas nas páginas impressas das revistas. Suas narrativas resultaram em 13 adaptações cinematográficas (9 animações e 4 live-actions); jogos eletrônicos em diversas plataformas; brinquedos, incluindo bonecos de ação e jogos de tabuleiro e, por fim, até um parque temático. Surpreendentemente, apesar da recepção positiva, as aventuras dos personagens não são tão populares nos Estados Unidos e nem no Japão. Todavia, aqui no Brasil a história é outra.

Publicadas desde os anos 80 por aqui, as histórias de Asteriz e Obelix chegaram a a ganhar piadas regionais. Por exemplo, em Asterix e o Caldeirão, vimos o ator Eleonoradus (piada com Eleonora Duse) se tornando Toniacarrerus (Tônia Carrero). Em seguida, no ano de 2013, as publicações foram remasterizadas. Por fim, em 2019, foi noticiado que a Panini Comics havia adquirido os direitos de Asterix e, ainda esse mês, deve acontecer o lançamento de uma nova série.