• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Ciência descobre 2 formas infalíveis de acabar de vez com a ressaca

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      04/11/14 às 19h14

Todo mundo sabe que ela existe e é implacável, mas na hora de "entornar o caneco" - como dizem por aí -, ninguém se lembra da amarga ressaca. Aliás, esse é, literalmente, um problema para o dia seguinte, não é mesmo?

Essa companheira inseparável de quem costuma exagerar nas "biritas" no final de semana, como a maioria de nós já sabe, causa alguns sintomas típicos, que lembram uma sensação de quase-morte (rs): dores de cabeça, estômago revirado, boca seca (muito, muito seca), falta de apetite e uma vontade imensa de que o mundo pare para a gente descer. É ou não é?

Mas, apesar de todo mundo falar que nada cura a tal ressaca - a não ser muito líquido - há algumas formas, crenças, simpatias e mandingas que as pessoas juram ajudar na prevenção desse mal que só chega depois que se levanta a cabeça do travesseiro. Embora muitas dessas receitas populares funcionem para alguns, a verdade é que elas não têm respaldo científico. (Clique para ler também: 7 maiores mentiras que todo mundo acredita sobre bebidas alcoólicas).

Hoje, no entanto, você vai aprender duas formas, comprovadas pela ciência, que reduzem os efeitos da ressaca no dia seguinte e mandam embora sintomas como a sede, a falta de fome e a náusea. Confira:

Figo-da-índia

1

Pode ser que você nunca tenha ouvido falar nesse fruto, mas seu extrato pode ser um santo remédio se ingerido antes de começar a beber. Ele, que é bem comum no México e nasce de cactos, fez um verdadeiro milagre entre os "beberrões" que participaram de uma pesquisa, realizada pela Universidade de Tulane, nos Estados Unidos.

Para o estudo, cinco horas antes de ir para a festa, 64 estudantes foram divididos em dois grupos: o primeiro tomou cápsulas com figo-da-índia; o segundo tomou outras, com efeito placebo. No dia seguinte, por volta das 10 horas da manhã, testes foram feitos com esse pessoal, sendo que a parcela que havia consumido o remédio natural estava se sentindo bem melhor que os demais.

Algum tempo depois o teste foi invertido e o grupo que havia tomado a cápsula ineficiente recebeu o extrato do fruto. Os resultados, segundo os pesquisadores, foram tão eficientes quanto da primeira vez. Isso acontece, conforme explicaram, porque o figo-da-índia aumenta a produção de proteínas que reduzem as inflamações associadas à ressaca.

2

Aspargos

3

Mas se você não tiver acesso aos figos-da-índia e se não tiver planejado a bebedeira o jeito é aceitar as consequências, certo? Bom, não precisa ser tão trágico assim. Pesquisadores coreanos garantem que aspargos podem ajudar bastante a lidar com os sintomas da ressaca.

Segundo eles, o extrato dos aspargos conta com aminoácidos e minerais que aliviam as dores de cabeça, o que já é uma maravilha, não acham? De acordo com os estudos, isso acontece porque a planta ajuda o corpo a acelerar o processamento do álcool e, dessa forma, deixa o organismo "envenenado" por menos tempo.

4

E aí, vai tentar?

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+