icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Casos de Gripe Aviária são confirmados na Alemanha, Índia e Filipinas

POR Erik Ely EM Curiosidades 19/03/20 às 15h53

capa do post Casos de Gripe Aviária são confirmados na Alemanha, Índia e Filipinas

Recentemente, um caso de Gripe Aviária H5N8 foi confirmado, em uma fazenda de aves no estado da Saxônia, no leste da Alemanha. Depois disso, outros casos de Gripe Aviária foram confirmados na Índia e Filipinas. Por conta disso, autoridades ordenaram o abate de diversas aves nos países.

O primeiro caso de Gripe Aviária foi encontrado em uma fazenda, em Bad Lausick, na Alemanha. Depois disso, todas as aves da fazenda foram abatidas e uma área de quarentena foi criada em torno dela. No passado, uma série de surtos da doença levou à grande interrupções e programas de abate na indústria avícola da Europa.

Uma epidemia que pode estar voltando mais forte

Os casos de gripe aviária surgiram nos quatro países da Europa Central, sendo Eslováquia, Polônia, Hungria e República Tcheca desde o final do ano passado. Contudo, um caso anterior foi encontrado em um pássaro selvagem na Alemanha, em janeiro. Depois disso, casos foram encontrados na Ásia.

Como uma forma de proteção, autoridades da Índia abateriam cerca de 4.000 galinhas, patos e pássaros de estimação para impedir a propagação da doença. Dessa forma, o oficial de inspeção de doenças do estado, Nanda Kumar, disse que "dez esquadrões especiais foram enviados para abater todas as aves dentro de um raio de 1 km do epicentro". No início deste mês, dois casos foram registrados nas aldeias de Kodiathoor e Vengeri, no mesmo estado.

Já nas Filipinas, o registro foi realizado pelas autoridades do Departamento de Agricultura das Filipinas. Assim, os casos foram detectados em uma fazenda de codornas, na cidade de Jaen, na província de Nueva Ecija. Desse modo, as aves foram testadas depois que 1,5 mi codornas morrerem em uma segunda. No total, 12 mil aves foram sacrificadas e processo de higienização e desinfecção foram realizados.

Por trás da "gripe do frango"

A primeira epidemia de gripe aviária, conhecida popularmente como "gripe do frango", que atingiu os seres humanos foi registrada em Hong Kong, no ano de 1997. Na época, 18 pessoas foram hospitalizadas, com 6 mortes. Depois disso, em fevereiro de 2003, mais 2 casos de gripe aviária em humanos, com 1 óbito, foram registrados em Hong Kong. Nesse caso, uma família havia viajado recentemente para a China continental. Assim, entre 2003 e 2007, mais de 20 países da Ásia, África e Europa registraram casos da gripe. Para se ter um ideia, mais de 1,5 milhão de aves foram sacrificadas, para a prevenção da disseminação do vírus.

No entanto, a partir de 2003, as infecções em humanos começaram a ocorrer com maior frequência. Essa situação afetou diversos países, sendo responsável por uma elevada taxa de mortalidade. Até 10 de setembro de 2008, a Organização Mundial de Saúde (OMS) registrou 387 casos confirmados em humanos, com 245 óbitos. Entretanto, diferente da influenza humana sazonal, que acomete principalmente idosos e lactantes, a influenza aviária também atinge crianças e jovens adultos. Desse modo, a média de idade dos casos registrados foi de 90%. Sendo que desse número, os pacientes tinham até 40 anos de idade. Além disso, a letalidade é de 63%. Mas pessoas entre 10 e 18 anos apresentam taxas mais elevadas. Enquanto os maiores de 50 anos, apresentam taxas mais baixas.


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest