EntretenimentoFatos Nerd

Cavaleiro da Lua: tudo sobre a nova aposta da Marvel

0

Nos anos 70, quando foi apresentado ao mundo, o Cavaleiro da Lua passou a compor a, aparentemente infindável, galeria de personagens da Marvel Comics. Assim como era de se esperar, em meio a nomes como Vingadores, Quarteto Fantástico e o popular Homem-Aranha, o alter ego de Marc Spector já nasceu sem nem ter a chance de brilhar. Pelo menos essa era a previsão.

No entanto, na Era de Ouro dos quadrinhos, ninguém chegou a cogitar a revolução que os personagens das revistas impressas fariam na grande tela. Além disso, na época em que o Cavaleiro da Lua foi criado, o grande nome por trás do império que viria a se tornar o Universo Cinematográfico Marvel (MCU) mal tinha completado seus três anos de idade. Contudo, o Kevin Feige do futuro tinha grandes planos para o vigilante mascarado.

Dessa forma, foi assim que, na D23 de 2019, após anunciar que o Cavaleiro da Lua ganharia uma série solo no MCU, Feige conseguiu, finalmente, dar ao personagem seu momento de reluzir sob os holofotes. Como resultado disso, o misterioso personagem conseguiu atrair a atenção do público e fazer com que sua série, lançada no último dia 30, desse o que falar entre os entusiastas do universo de super-heróis.

Pensando nisso, apresentamos abaixo um guia tão essencial quanto aquele do mochileiro das galáxias e que você não pode deixar de conferir antes de dar play nos próximos episódios.

Marc Spector, o protagonista

Divulgação

O Cavaleiro da Lua foi apresentado ao mundo em 1975 pelas mãos do roteirista Doug Moench e do desenhista Don Perlin ao estrear em Werewolf By Night nº 32, uma revista de suspense e terror, durante a chamada Era de Bronze dos quadrinhos. Nessa época, as histórias assumiram um tom mais maduro – que foi consolidado na década seguinte – e com enredos mais sombrios que abordavam problemas sociais.

Nos HQs, nosso Marc Spector é um ex-agente da CIA com uma extensa carreira militar e experiência em artes marciais. No entanto, ele se torna um mercenário e, enquanto procura por trabalhos, conhece uma organização nomeada O Comitê. Logo, ele é contratado para caçar o lobisomem Jack Russell e recebe um uniforme branco e a alcunha de Cavaleiro da Lua.

Já na série da Disney+, quem assume o papel de Marc, e todos os outros personagens que serão explicados aqui, é o conceituado Oscar Isaac. Depois de viver o papel de Poe Damerion em Star Wars e Duque Leto de Arteides em Duna, chegou a vez de Isaac brilhar como um herói que protagoniza sua própria série.

Entusiastas do Cavaleiro da Lua estão comentando sobre a atuação do ator e músico guatamalteco-americano.

Egito Antigo, a mitologia

Cavaleiro da Lua

Reprodução

Em 1980, Moench e o artista Bill Sienkiewicz recontaram a origem do Cavaleiro da Lua na estreia de sua revista Moon Knight nº 1, agora com mais elementos importantes mantidos até hoje. Assim, nessa versão, o ex-agente é deixado à beira da morte no meio do deserto no norte da África.

Ao chegar até a entrada de um templo, ele encontra Marlene Alraune, filha de um arqueólogo, e morre. Porém, Spector ressuscita graças à intervenção de Khonshu, deus egípcio da Lua, que coloca o ex-agente para atuar de acordo com suas vontades.

Segundo Jeremy Slater, criador da série, o próprio presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, orientou que eles priorizassem os laços com a mitologia egípcia ao adaptar a história para a tela. Dessa forma, para além de seus poderes, Marc Spector está ligado ao universo egípcio e suas deidades por meio da Enéade, o Panteão de Deus Egípcios, que atuam como os principais inimigos do vigilante.

Já o vilão Arthur Harrow possui ligação com Ammut, o deus egípcio devorador dos mortos. Contudo, apesar da primeira temporada introduzir Harrow como o vilão, será interessante ver aonde os criadores pretendem levar a história. Isso porque, na mitologia egípcia, Ra, o deus do Sol, é pai de todas as coisas e possui uma relação difícil com seu filho, Khonshu.

Assim como seu filho, Ra não é capaz de assumir uma forma terrena, nomeando um campeão para realizar suas vontades. Seria o campeão de Ra, ou Rei Sol, o verdadeiro rival do Cavaleiro da Lua? Seja na forma de deuses ou vilões, a mitologia egípcia está ligada intrinsecamente a Marc Spector e suas histórias.

Codinomes e habilidades

Cavaleiro da Lua

Reprodução

Por conta de seu passado militar, conhecimento do boxe e outras artes marciais, o Cavaleiro da Lua possui grande força e resistência, além de conseguir falar diversos idiomas. Aliado a isso, o herói recebe os artefatos do deus egípcio da Lua, como dardos, um bumerangue feito de marfim e uma cruz Ankh dourada, que brilha ao menor sinal de perigo.

Spector incorpora vários personagens, sendo um deles Steven Grant, um playboy bilionário. Outro é Jake Lockley, um taxista que observa a rua e sabe as últimas notícias sobre o mundo do crime. Tudo isso para que o vigilante possa agir da melhor maneira.

Com a evolução do personagem, os criadores investiram em uma forma de contar a história sob uma ótica da saúde mental. Assim, os pseudônimos são, na verdade, personalidades distintas, influenciadas por Khonshu na mente do Cavaleiro da Lua.

Portanto, o personagem recebeu o diagnóstico de transtorno dissociativo de identidade (TDI), uma condição psicológica que geralmente surge a partir de trauma. Tudo indica que a série da Disney+ pretende explorar o aspecto mental a fundo, começando a história com Oscar Isaac na pele de Steven Grant, que agora será retratado como um funcionário da lojinha de lembranças do Museu Britânico, em Londres.

Além disso, os criadores da série pretendem mostrar outra identidade, apresentada nos quadrinhos em 2014: o Senhor Knight. Ele é a versão mais formal do vigilante, vestido com um terno branco e equipado para investigar as cenas de crime e servir como consultor da polícia. Para retratar o TDI, a série conta com a orientação de especialistas em saúde mental.

“Não podemos fazer o Cavaleiro da Lua como apenas mais um vigilante fantasiado espancando assaltantes em um beco”, disse Grant Curtis ao The New York Times. “O mercado está saturado com isso, então, eu olhei para minha infância e me inspirei nas coisas que me fizeram me apaixonar por filmes, como as aventuras mostradas em Indiana Jones e Os Caçadores da Arca Perdida e Os Caça-Fantasmas.”

Fonte: Super Interessante

Os Simpsons: as melhores participações especiais na série

Matéria anterior

Mitos e vantagens de uma lava-louças

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Continue in browser
To install tap Add to Home Screen
Add to Home Screen
Fatos Desconhecidos
Adicione nosso aplicativo web. Não vai ocupar espaço no seu telefone e você recebe as notificações de novos conteúdos.
Install
See this post in...
Fatos Desconhecidos
Chrome
Add Fatos Desconhecidos to Home Screen
Close

For an optimized experience on mobile, add Fatos Desconhecidos shortcut to your mobile device's home screen

1) Press the share button on your browser's menu bar
2) Press 'Add to Home Screen'.
Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications