Curiosidades

Cemitério da época da escravatura é encontrado em São Paulo

0

As descobertas arqueológicas sempre acontecem das mais variadas maneiras, seja quando os profissionais estão à procura de vestígios ou quando, às vezes, não estão mas acabam achando coisas inusitadas por acaso. Uma descoberta feita por alguns arqueólogos foram os vestígios do Cemitério dos Aflitos. Trata-se da primeira necrópole pública de São Paulo, construída em 1775.

O cemitério foi descoberto no bairro da Liberdade em um terreno em que um prédio tinha sido demolido. Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o cemitério descoberto era para aquelas pessoas que ficavam à margem da sociedade, como por exemplo escravos, presos, pobres, pessoas com doenças contagiosas e condenados à forca.

Cemitério

Esse cemitério parou de funcionar em 1858, e foi construído o Cemitério da Consolação. Quando ele ainda existia na área, tinha o Lago da Forca, onde os escravos fugitivos eram executados. E ao lado da antiga necrópole, ficava a Capela da Nossa Senhora dos Aflitos, que funciona até hoje.

Nessa descoberta foram achados, pelo menos, sete esqueletos. E segundo o Iphan, os ossos que foram encontrados realmente eram de pessoas escravizadas. Um dos esqueletos encontrados estava usando um colar de contas de vidros, o que quer dizer que ele tinha ligação com alguma religião de matriz africana.

O lugar onde o Cemitério dos Aflitos foi encontrado estava debaixo de um prédio que tinha sido demolido para se fazer um empreendimento comercial. Com essa descoberta, junto com os dados que serão feitos em laboratórios, a compreensão das transformações socioculturais dessa região em determinada época poderá ser melhor compreendida.

14 personagens mais irritantes de The Big Bang Theory

Matéria anterior

7 maiores mistérios de 2018 que não foram resolvidos

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.