Entretenimento

Charlie Brown Jr. comemora 30 anos do grupo em show

0

A banda Charlie Brown Jr. voltará aos palcos depois de quase dez anos da morte dos músicos Chorão e Champignon em um show em Santos no dia 06 de agosto. A turnê, organizada pelos guitarristas Marcão Britto e Thiago Castanho, é uma comemoração dos 30 anos da banda e os 25 anos do lançamento do primeiro disco, “Transpiração Contínua Prolongada”.

O Charlie Brown Jr. foi fundado em 1992 em Santos pelos amigos Chorão, Champignon, Marcão, Thiago e Pelado. O grupo lançou sucessos como “Dias de Luta, Dias de Glória”, “Só os Loucos Sabem”, “Ela Vai Voltar”, “Proibida Pra Mim”, que são escutados até os dias atuais, ultrapassando gerações. Além disso, no ano de 2020, Charlie Brown Jr. foi a única banda brasileira no Top 10 das músicas mais tocadas da década no Spotify.

O show, realizado no dia 30 de julho, contou com a participação dos guitarristas Marcão e Thiago, membros fundadores da banda, Heitor Gomes no baixo, André ‘Pinguim’ Ruas e Bruno Graveto na bateria. Já no lugar do vocalista Chorão foi escalado o vocalista Egypcio, da banda Cali Rock e ex-Tihuana.

Reencontro do Charlie Brown Jr. com os fãs

Foto: Reprodução/ TV Tribuna

De acordo com matéria do G1, o reencontro com os palcos e os fãs é uma maneira de eternizar a história da banda e homenagear os amigos Chorão e Champignon, que faleceram em 2013. O guitarrista Thiago Castanho disse que todos que participarem da turnê têm alguma ligação com a banda.

“São pessoas que já gravaram disco, já tocaram com a gente, fizeram turnê, tem história dentro da banda também. O que a gente faz é ‘Respeitando o passado, eternizando o legado’, esse é o nosso lema”, contou Thiago Castanho, em entrevista à TV Tribuna.


“É um convite pra todo mundo que, de alguma maneira, teve o Charlie Brown como trilha sonora em algum momento da sua vida. E, as pessoas que não puderam assistir o show do Charlie Brown, para eles poderem conferir o show com a gente, sentir a energia da banda, os músicos tocando junto”, acrescentou Marcão.

Além disso, a turnê também é uma celebração aos 25 anos do lançamento do primeiro disco ‘Transpiração Contínua Prolongada’. 

“É um primeiro álbum muito especial. Teve 5 hits singles, 5 músicas que tocaram muito nas rádios, que eram o maior veículo de comunicação na época”, disse Marcão. Entre as músicas estão “Proibida pra mim” e “O coro vai comê!”.

No show, os fãs vão escutar grandes sucessos da banda e músicas do último disco ‘La Familia 013’, que nunca haviam sido tocadas ao vivo. Vale destacar que a turnê já passou pelo Rio de Janeiro, Porto Alegre e Santa Catarina.

“A gente sente que a gente está mais próximo do Chorão e do Champignon quando a gente está ali no palco, meio que eternizando aquelas músicas, lembrando como a gente continua relevante. É uma banda que é muito escutada até hoje”, disse Castanho.

Chorão e Champignon

Foto: Fred Pontes/ Divulgação

O vocalista do Charlie Brown Jr, Alexandre Magno Abrão, o Chorão, foi encontrado morto em seu apartamento, em São Paulo, no dia 06 de março de 2013. Um exame feito por equipes do Instituto Médico Legal (IML) apontou que o vocalista do Charlie Brown Jr. sofreu uma overdose de cocaína.

Depois da morte de Chorão, os membros do Charlie Brown lançaram a banda “A Banca”, que tinha Champignon como vocalista.

Meses depois, no dia 09 de setembro de 2013, Champignon foi encontrado morto com um tiro na boca em seu apartamento na região do Morumbi. Ele tinha 35 anos.

A companheira dele, Cláudia Campos, estava grávida de 5 meses, na época, e disse que eles tinham acabado de chegar de um restaurante. Ele se fechou no quarto, e depois ela escutou o barulho de um tiro. Em seguida, ela foi pedir ajuda para o vizinho.

Policiais militares e uma equipe do Samu foram ao local, no entanto, quando chegaram encontraram Champignon morto. A morte foi registrada como suicídio no 89º Distrito Policial, em São Paulo.

Fonte: G1

Luva de Pedreiro viaja para a Europa acompanhado dos pais pela primeira vez

Matéria anterior

‘Viúva negra’ cósmica é a estrela de nêutrons mais pesada

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos