Curiosidades

Como Jennifer Lopez foi responsável pela criação do Google Imagens

0

Uma das histórias mais curiosas do mundo da tecnologia é a criação do Google Imagens. Isso está relacionado com a 42ª edição do Grammy, em 23 de fevereiro de 2000, em que a cantora e atriz estadunidense Jennifer Lopez usou um vestido Versace e mudou a internet.

O vestido verde foi costurado em seda e possui um decote que vai até a cintura na parte da frente, o modelo foi apelidado como “jungle dress”. O visual da cantora fez com que usuários de todo o mundo fossem ao Google buscar fotos do dia.

Mas o buscador não era como é atualmente. Naquela ocasião, ele apresentava apenas links sem poder indexar imagens ou vídeos. Com isso, os mais curiosos abriram as páginas uma a uma para ver as fotos da famosa. Vale lembrar que na época a conexão era limitada e a maioria usava o Internet Explorer.

Após identificar essa parte inexplorada, em 12 de julho de 2001 foi apresentado o Google Imagens. A suspeita da motivação já existia a anos, já no ano de 2015, o CEO do Google, Eric Schmidt, a admitiu em um artigo publicado no site Project Syndicate.

“Naquela época, o vestido era o termo de pesquisa mais popular que tínhamos visto, mas não existia nenhuma forma de dar aos usuários exatamente o que eles queriam: JLo vestindo aquele vestido. Então, o Google Imagens nasceu”, informou o executivo.

O vestido que modificou a tecnologia

Anos depois, a cantora informou que o vestido usado no tapete do Grammy foi escolhido às pressas. De acordo com Jennifer Lopez, naquele dia ela estava gravando o filme “O Casamento dos Meus Sonhos”, em uma cena que cavalgava, e isso gerou muita poeira.

Em casa, Lopez notou que precisava escolher seu vestido às pressas e com a ajuda de colegas de trabalho selecionou o Versace. Apesar de não ter sido uma escolha por acaso, muitos imaginam como seria a internet hoje sem aquele vestido.

Além disso, no ano de 2019, JLo desfilou uma versão renovada do look na Semana de Moda de Milão.

Os mecanismo para busca de imagem do Google

Captura de tela: Ariane Velasco

Antes da busca de imagens chegar ao Google, a plataforma que fazia as pesquisas por imagens era a AltaVista, criada pela Overture Services, e que em 2003 tornou-se parte da Yahoo.

No entanto, a AltaVista era bem diferente do Google Imagens. No lugar de encontrar arquivos com características dos termos pesquisados, o buscador procurava semelhança entre o texto integrado, título e descrições, antes de apresentar o resultado, por isso, nem sempre era tão preciso.

Por outro lado, o Google elevou o nível de pesquisa e fez com que o usuário encontrasse exatamente o que quer. Um exemplo é que a busca “vestido verde” pode não ser levado ao memorável look de JLo, mas vários exemplares com a cor, mesmo que os textos que acompanham as imagens não apresentem a palavra “verde”.

Essa evolução foi muito importante para os buscadores daquela época e fez com que os concorrentes criassem soluções para continuarem sendo usados. O Cadê, a primeira empresa brasileira no segmento, e o AltaVista acabaram abrindo espaço para o Yahoo! Search. Já o MSN Search (que se tornou Bing) aproveitou o Picsearch para permitir buscas por imagens.

Atualmente, a empresa que segue sendo líder neste segmento é o Google, que é sinônimo de pesquisas na internet.

Fonte: Canaltech, Aventuras na História

Ponte na Holanda será removida para iate de Jeff Bezos passar

Matéria anterior

Conheça a história da mulher “mais beijada no mundo”

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos