Curiosidades

Como reconhecer um mini AVC, segundo Harvard

0

Estamos expostos a diversas doenças constantemente. Algumas delas chegam sem nos avisar e causam uma tremenda destruição em nossas vidas. O câncer, paradas cardíacas e o acidente vascular cerebral (AVC) estão entre as mais comuns da lista. Para quem não sabe, o AVC ocorre devido a problemas na irrigação sanguínea do cérebro, que causam a morte das células. Isso faz com que partes do nosso cérebro deixem de funcionar de forma correta.

O acidente vascular tem dois tipos principais, sendo eles: AVC isquêmico, causado pela interrupção da irrigação sanguínea e o hemorrágico, que é causado por uma hemorragia interna. O motivo principal de um ataque é a hipertensão arterial.

O mini AVC, como o próprio nome diz, nada mais é do que uma versão mais “leve” de um Acidente Vascular Cerebral. Ele geralmente dura alguns minutos. O nome técnico é “ataque isquêmico transitório”. E esse mini AVC acontece quando o suprimento de sangue que deveria chegar a determinada parte do cérebro é interrompido por um breve período de tempo.

Sintomas

Os sintomas de um mini AVC não são sempre óbvios. Por isso, esse problema pode passar desapercebido e fazer com que a pessoa não receba o socorro necessário a tempo.Por isso, um artigo da Universidade de Harvard ensina as pessoas a reconhecerem os sinais de mini AVC.

O primeiro é fraqueza ou dormência de um dos lados do rosto. Por exemplo, se a movimentação dos lábios está comprometida e a boca parece estar torta é preciso procurar um médico imediatamente.

Outro sinal é a fraqueza em um dos braços. Se você estiver suspeitando um pouco que está tendo um mini AVC, levante os dois braços ao mesmo tempo. Se um dos lados parecer estar comprometido, é preciso buscar socorro.

Um outro sinal de um mini AVC é o comprometimento da fala. Se alguém estiver falando arrastado ou “mole”, é importante verificar se o sintoma combina com os outros. Além da fala, um outro sintoma é a visão reduzida, dupla ou embaçada.

Ajuda

E um último sintoma para ficar de olho para um mini AVC é tontura, perda de equilíbrio, dificuldade para caminhar e uma falta de coordenação nos movimentos. Tudo isso pode ser sinal de que a pessoa está sofrendo um mini AVC.

Em um primeiro momento não é possível diferenciar um mini AVC de um AVC agudo. Justamente por isso, assim que os sintomas surgirem procurar um médico é essencial para que evitar complicações e começar o tratamento indicado para o caso.

Conheça a macabra Ilha das Bonecas

Matéria anterior

O que acontece quando o Coringa é atingido pelo Gás do Medo?

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.