Curiosidades

Como ver o eclipse anel de fogo nessa quinta-feria

0

Se existe ou não vida no espaço sempre foi uma indagação de todas as pessoas. Você, acreditando em seres esverdeados que habitam outros planetas por aí no espaço ou não, não poderá questionar uma coisa: a beleza do universo e os fenômenos que ele tem.

Todos os anos acontecem milhares de eventos astronômicos, como as fases da lua, chuvas de meteoro, eclipses, ocultações, oposições, conjunções e outras ocorrências interessantes. Alguns eventos que acontecem podem ser vistos a olho nu, outros apenas com a ajuda de telescópios.

O ano passado fez com que nós ficássemos em casa. Mas isso não quer dizer que todo mundo conseguiu ver os vários eventos astronômicos que aconteceram em 2020. Porém, isso não tem problema. Porque todo ano somos sempre contemplados com, pelo menos, alguns deles.

Eclipse Anel de Fogo

Segundo o calendário astronômico, 2021 irá ser marcado por eclipses, superluas e chuvas de meteoros. E um desses fenômenos vai acontecer nessa quinta-feira. O Chamado “eclipse anular” do sol é um fenômeno que tem como resultado um “anel de fogo” no céu. Isso ocorre por conta da ocultação parcial do sol pela lua que passa entre a Terra e a nossa estrela.

No entanto, por mais que seja lindo, a faixa é bem pequena. E, infelizmente, esse eclipse anular só será visto por completo no norte do Canadá, ao leste da Sibéria e passando pela Groelândia e pelo Mar Ártico.

Algumas cidades do hemisfério norte, como por exemplo Nova York, Toronto, Boston, Paris, Londres, Berlim, Estocolmo e Moscou conseguirão observar um eclipse parcial.

Eclipse anular

Um eclipse acontece quando um astro esconde o outro. Por exemplo, em um eclipse lunar, a Terra fica entre o sol e a lua. E a sombra do nosso planeta sobre a lua faz com que parte dela ou ela toda “desapareça” durante alguns minutos, causando um eclipse parcial ou total, respectivamente.

Já em um eclipse solar os papéis são invertidos. Nesse caso é a lua que fica entre o sol e a Terra fazendo com que a estrela fique escondida. E por conta de uma peculiaridade na órbita da lua que esse terceiro tipo de eclipse anular é feito.

Normalmente, a órbita da lua ao redor da Terra é elíptica, e a distância entre ela e nosso planeta vai variando ao longo do tempo. Quando ela está em seu ponto mais próximo, o chamado perigeu, fica a 362.600 quilômetros de distância. E em seu ponto mais distante, o apogeu, ela fica a 405.400 quilômetros.

Essa variação de distância que faz a lua parecer maior ou menor no céu. E se um eclipse solar acontece quando a lua está no apogeu ela não é “grande” o suficiente para conseguir cobrir o sol por completo. Por conta disso, uma parte da estrela ainda fica visível e é isso que forma o anel de fogo. O chamado eclipse anular do sol.

Acompanhar

Contudo, isso não quer dizer que as pessoas do Brasil também não vão poder ver esse fenômeno de anel de fogo. Quem gosta de ver esses fenômenos pode acompanhá-los através de transmissões online gratuitas.

Uma dessas transmissões é a do “Virtual Telescope Project”. Ela começará na quinta-feira  às 6:30 horas no horário de Brasília. O vídeo também poderá ser visto no site do projeto, ou no canal deles do YouTube.

Além dessa, o site “Time and Date” também fará uma transmissão do eclipse anel de fogo, mas ela começará um pouco mais cedo, às 6 horas no horário de Brasília. O ponto máximo do eclipse deve acontecer às 7:41 horas.

O fenômeno natural que irá acontecer nessa quinta-feira é o último do seu tipo. E o penúltimo no geral, em 2021. No dia quatro de dezembro vai ocorrer um eclipse total, mas só será visível, em sua totalidade, no extremo sul do planeta.

7 filmes românticos de época para assistir no Dia dos Namorados

Matéria anterior

Veja quais são os efeitos colaterais da vacina AstraZeneca

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.