Conheça o animal que viveu 11 mil anos

POR Natália Pereira    EM Mundo Animal      23/05/18 às 19h45

A vida é, sem dúvida, o nosso bem mais precioso. Fazendo do tempo o nosso mais cruel adversário. E, de alguma forma, ele parece não contribuir muito com os seres humanos. Porém, a alguns anos, a expectativa de vida da nossa espécie tem crescido, chegando a uma média de 71,4 anos. O que, em comparação a outros animais, já é um bom número. Mas, ainda assim, não chega nem perto do ser vivo que estamos prestes a tratar.

Em um post anterior, já falamos sobre o tubarão classificado como o vertebrado mais velho da Terra e, por incrível que pareça, ele também está bem longe de alcançar esse companheiro marinho. Assim como, provavelmente, qualquer outro animal do nosso planeta. Afinal, viver durante 11 mil anos é realmente surpreendente. Acontece que os poríferos, conhecidos também como esponjas, podem viver durante todo esse tempo.

As esponjas de 11 mil anos

Apesar de muitos acabarem esquecendo que os poríferos, ou esponjas, também são animais, é bom colocá-los em sua mente. Afinal, eles podem viver até 11 mil anos. Em geral, a expectativa de vida desse animal pode variar bastante mas, ainda assim, costuma pairar entre os milhares de anos. E, de acordo com um estudo publicado na Ageing Research Reviews, uma espécie de esponja conhecida como Monorhaphis chuni, encontrada nas profundezas, acabou sobrevivendo por todos esses anos.

Outras espécies com vida longa

Apesar de estarem bem longe de alcançarem a esponja Monorhaphis chuni, alguns outros animais acabam vivendo algumas boas centenas de anos. Para se ter uma ideia, uma amêijoa da espécie quahog clam, chamado 'Ming', morreu com os seus 507 anos, apesar de costumarem viver por apenas 225 anos. E, enquanto isso, o peixe orange roughy acaba chegando aos seus 175 e o tubarão-da-groenlândia transita entre os 272 e os 512 anos. Como podemos ver, os animais marinhos tendem a viver durante centenas de anos e o motivo para isso é claro. Os ambientes frios fazem com que a temperatura corporal seja baixa e, consequentemente, o seu metabolismo trabalhe de forma mais lenta - causando menos danos ao tecido.

Parece surreal imaginar que algo possa sobreviver durante tanto tempo, concorda? O que acharam desses animais centenários? Imaginavam que uma esponja poderia chegar tão longe, alcançando os seus 11 mil anos?

Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+