icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Conheça o aplicativo capaz de rastrear casos confirmados e suspeitas de Covid-19 por Bluetooth

POR Diogo Quiareli EM Ciência e Tecnologia 15/04/20 às 12h23

capa do post Conheça o aplicativo capaz de rastrear casos confirmados e suspeitas de Covid-19 por Bluetooth

Todos nós tememos o invisível e aquilo que não podemos tocar ou sentir, não é mesmo? Esses são alguns dos motivos pelos quais o novo coronavírus tanto nos assusta e porque encontramos tantas dificuldades em lidar com esse mal. O mundo está vivendo uma pandemia do Covid-19, doença causada por esse coronavírus. Tudo começou na China, mais precisamente em Wuhan e logo se espalhou, com casos notados em todos os continentes. O crescimento da doença está muito avançado e diariamente alguns países batem recordes de números de infectados e de novas mortes registradas. A situação é caótica, e no momento, apenas o isolamento social pode atrasar essa crescente.

Desde que os casos começaram a aparecer com muito frequência, as pessoas começaram a ficar mais atentas. Com isso, as buscas por hospitais tem aumentado, pois quanto antes se descobrir a doença, mais fácil é lidar com a mesma. Além disso, ajuda a proteger as pessoas com quem dividimos a vida. Recentemente, uma notícia chamou a atenção do mundo. Um suposto aplicativo que rastreia casos confirmados e suspeitas de Covid-19 por bluetooth. Confira conosco mais detalhes sobre isso e já aproveite para compartilhar com seus amigos. Sem mais delongas, vamos lá.

Aplicativo rastreará casos confirmados e suspeitas de Covid-19 por meio do Bluetooth

Uma equipe, liderada por pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, está desenvolvendo um sistema diferente. Esse é para um aplicativo, que rastreia casos de Covid-19 por Bluetooth. O objetivo dessa tecnologia é alertar pessoas que podem ter entrado em contato com o novo coronavírus. Isso tudo sem revelar a identidade dos infectados. O Bluetooth de cada celular equivale a uma frequência de números única. Assim que o aplicativo estiver habilitado, ele poderá rastrear os números de outros smartphones ao seu redor, assim gravando esse código na memória.

A ideia desses pesquisadores é que, quando uma pessoa testar positivo para a Covid-19, ela envie a lista de códigos Bluetooth que seu telefone registrou nos últimos 14 dias. Os registros então serão colocados em um banco de dados e esse poderá ser acessado por outras pessoas. Isso ainda permitirá saber se elas entraram em contato com o paciente infectado. Caso haja correspondência, uma notificação informará o sujeito de que ele pode ter sido exposto ao vírus. Isso reforçará informações de autoridades de saúde pública sobre as próximas etapas de prevenção que deverão ser seguidas.

"Não rastreamos a localização, não usamos GPS, não anexamos sua identificação pessoal ou número de telefone a nenhum desses números aleatórios que seu celular está emitindo". Essa foi a explicação de Daniel Weitzner. Ele é membro do Laboratório de Inteligência Artificial e da Ciência da Computação do MIT.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest