• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça o buraco negro que foi descoberto recentemente e está sendo chamado de "monstro"

POR Rafael Miranda    EM Ciência e Tecnologia      19/03/15 às 21h06

Existem regiões no espaço em que nada, nem mesmo partículas que se movam na velocidade da luz, podem escapar. Este é o resultado da deformação do espaço-tempo, causada após a explosão de uma estrela, por uma matéria astronomicamente maior e, ao mesmo tempo, infinitamente compacta e que, logo depois, desaparecerá dando lugar ao que a Física chama de singularidade, o coração de um buraco negro, onde o tempo para e o espaço deixa de existir.

O que cientistas descobriram recentemente foi uma massa cósmica que equivalente a 12 bilhões de sóis. Esse "novo" buraco negro se formou quando o Universo tinha apenas 6% de sua idade atual e estava no centro de uma massa superluminosa, que, por sua vez, é considerada o objeto mais brilhoso já observado.

Segundo artigo publicado pela revista Nature, um buraco negro desse tamanho é algo completamente inexplicável. Nenhuma teoria concebida até hoje consegue esclarecer como um buraco negro pôde crescer tanto em tão pouco tempo.

Apesar de os buracos negros serem praticamente invisíveis, estes podem ser detectados por meio da interação com a matéria em sua vizinhança. Esse buraco negro foi localizado por meio da observação do movimento de estrelas no espaço. Além disso, houve a detecção de grande quantidade de radiação emitida quando a matéria proveniente de uma estrela companheira é espirala para dentro do buraco negro, aquecendo-se a altas temperaturas.

Como o buraco negro se forma?

41

Um buraco negro forma-se quando uma estrela super maciça fica sem combustível, o que faz seu núcleo diminuir até ficar reduzido a uma fração de seu tamanho original. Quando isso acontece, a gravidade produzida por ela sai do controle e começa a sugar tudo que encontra. Ela começa a sugar a massa da estrela, fazendo isso tão rápido que se engasga e expele enormes correntes de energia. Ela é tão forte que fura a estrela e lança mais jatos de energia.

A gravidade não suporta essa energia e a estrela finalmente explode. Em apenas um segundo a explosão é capaz de gerar 100 vezes mais energia que o nosso Sol produzirá em toda sua existência. O que resta no centro é o buraco negro.

Próxima Matéria
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+