• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça o cemitério mais badalado do mundo

POR Thamyris Fernandes    EM Mundo Afora      05/07/14 às 21h36

Parece até ironia dizer que um cemitério é tão famoso que se tornou um ponto turístico, com direito a guia e tudo o mais. Apesar da incongruência, no caso do Père Lachaise, em Paris, essa é uma grande verdade. Isso porque, nesse local - do tamanho de 50 campos de futebol - estão enterrados inúmeras celebridades de épocas diferentes.

Ao todo, conforme a administração do cemitério pop, o local conta com mais de 70 mil sepulturas (uma mais excêntrica que a outra, como você verá nas fotos). Dentre esses milhares de "inquilinos", o Père Lachaise é a morada final de personalidades como o roqueiro Jim Morrison (1943-1971), os escritores Molière (1622-1673), Honoré de Balzac (1799-1850) e Oscar Wilde (1854-1900), o músico Frédéric Chopin (1810-1849), o espírita Allan Kardec (1804-1869) e muitos outros.

meio

Dizem que na época de sua inauguração, em maio de 1804, as pessoas não gostavam muito da ideia do cemitério, que era afastado do centro da cidade. No entanto, as coisas começaram a mudar quando os túmulos das primeiras personalidades - dos escritores Molière e La Fontaine (1621-1695) - passaram a ser transferidos para lá.

Hoje, inclusive, o local recebe 2 milhões de visitantes por ano! O local se tornou tão popular que existe um site em que as pessoas podem fazer visitas online em todas as suas áreas. Acesse aqui para ver.

Abaixo, separamos algumas fotos desse lugar que tinha tudo para ser mais um cemitério comum, mas que terminou como um ponto de encontro de fãs e curiosos:


Clique aqui para ver a Galeria (Se você estiver usando celular)

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+