Conheça o dispositivo que permite que pedestres joguem enquanto esperam para atravessar

POR Thamyris Fernandes    EM Mundo Afora      12/12/14 às 20h02

Esperar para atravessar na faixa de pedestres não é uma das tarefas mais divertidas que as pessoas precisam fazer todos os dias, não é mesmo? A espera, embora seja curta no relógio, é enorme para quem está em pé, na rua, vendo um mar de carros passar sem poder cruzar seu destino.

Na Alemanha, no entanto, a tecnologia já chegou para deixar esse tempo de espera muito mais divertidos. Isso porque Amelie Künzler e Sandro Engel, dois estudantes de design da Universidade HAWK, na cidade de Hildesheim, criam um dispositivo muito interessante, que permite que pessoas, de lados opostos da rua, joguem pong no sinaleiro, enquanto a passagem de pedestres não é permitida.

A ideia, segundo contaram, foi desenvolvida em 2012, junto com um outro colega chamado Holger Michel, que acabou deixando o grupo nesse intervalo de tempo. Os rapazes, então, fizeram um vídeo, mostrando às pessoas como a ideia funcionava e postaram no Facebook. O sucesso do projeto, como era de se esperar, foi instantâneo.

1

Dois anos depois dessa primeira divulgação, os amigos finalmente conseguiram concretizar o projeto e instalaram o primeiro protótipo na faixa de pedestres, em frente a universidade. Segundo os estudantes, todo mundo parece gostar do jogo e tem até pessoas de fora indo até à cidade conhecer a novidade.

2

Tomara que a moda pegue, não é mesmo? Veja, no vídeo, como o dispositivo funciona:

https://www.youtube.com/watch?v=Oe3TsxVSnpg#t=50

Gosta de ler sobre invenções e novidades? Então confira as matérias que selecionamos a seguir: Ideias e invenções que parecem modernas mas são antigas e 10 invenções que foram descobertas por acaso.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+