Ciência e Tecnologia

Diamante extraterrestre será leiloado em fevereiro

0

Em fevereiro de 2022, um diamante de 555 quilates, nomeado como “O enigma”, será leiloado pela casa de leilões Sotheby’s Dubai. Devido ao fato de provavelmente ter origem extraterrestre, a pedra preciosa tem uma fonte misteriosa.

Considerado o maior diamante lapidado a ser comercializado, ele está avaliado em mais de 5 milhões de libras esterlinas (equivalente a R$ 37,5 milhões). Além disso, a pedra ficará em exposição em Dubai, Los Angeles e Londres antes de ir a leilão.

Em entrevista para a Associated Press, Sophie Stevens, especialista em joias da Sotheby’s Dubai, contou que existem duas teorias para explicar a formação da pedra. A primeira estima que ela tenha sido originada pela colisão de um meteorito com a Terra, que provocou condições químicas para a formação do diamante. Já a segunda, é que o próprio meteorito tenha trazido o diamante já formado à Terra, com isso, ele seria de fato um diamante de outro planeta.

O diamante extraterrestre

Geralmente, os diamantes que são encontrados, e que são comercializados em seguida, se formam na base da crosta terrestre, a pelo menos 150 quilômetros de profundidade. Já a temperatura varia entre 1.300º C e 1.500º C, que junto com a altíssima pressão provoca a formação da pedra preciosa.

Para chegar à superfície terrestre, a pedra depende da erupção de vulcões, que acabam o empurrando junto com a magma. Com isso, podem ser descobertos tanto os incrustados em rochas (diamante primário), quanto à deriva em rios e córregos, após eles se desprenderam (diamante secundário). Hoje em dia, os diamantes negros são encontrados com grande frequência somente no Brasil e na África Central.

Porém, os diamantes extraterrestres como “O enigma” não são considerados tão incomuns. Isso porque a pedra é basicamente composta de carbono cristalizado.

Além disso, no ano de 2014, astrônomos chegaram a encontrar uma gigante estrela antiga que resfriou e virou um diamante. Essa pedra preciosa extraterrestre tinha aproximadamente o tamanho da Terra.

No entanto,  “O enigma” carrega o título de maior diamante lapidado, entre extraterrestre e terrestres, a ser comercializado.

Uma curiosidade é que no leilão, a pedra preciosa extraterrestre poderá ser adquirida por meio de criptomoedas. Ela ficará exposta em Dubai, Los Angeles e Londres até a segunda semana de fevereiro.

Fonte: Revista Galileu

China vai desenvolver Lua artificial

Matéria anterior

Clipe de roupa pode detectar Covid-19

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications