Entretenimento

Ela colocou um piercing na bochecha de sua filha, para ela a causa é nobre

0

Para alguns usar piercing pode ser algo normal, para outros pode ser uma coisa extremamente estranha. Nós já fizemos algumas matérias sobre piercings, como 7 lugares mais bizarros que as pessoas colocam piercings e um piercing promete combater uma das dores mais comuns. Bom, mas hoje vamos falar de um caso que deixou algumas pessoas na internet um tanto chocadas.

O que aconteceu foi que quando uma mãe de Ohio, EUA, postou uma foto de sua filha de aproximadamente 6 meses de idade com um piercing na bochecha. A imagem com cerca de 10 mil curtidas, 13 mil compartilhamentos, deixou vários internautas revoltados e recebeu comentários de ódio, porém, a realidade não era o que parecia.

A foto foi postada no Facebook por Enedina Vance (da foto acima), onde dizia o seguinte: “Então, eu estou com a covinha furada! Parece tão fofo, né?! Só que ela vai adorar! Ela vai me agradecer quando for mais velha e, se decidir que não gosta, ela pode simplesmente tirar. Eu sou a mãe, ela é minha filha, eu faço o que quero! (…). Eu não preciso da permissão de ninguém. Eu acho fofo e prefiro que ela tenha um piercing na bochecha. Não é abuso. Se fosse, seria ilegal, mas não é (…). Meu bebê, minhas escolhas. Não julgue minha maternidade. Todos criamos filhos de maneira diferente e ninguém tem nada com isso.” Até então, qualquer pessoa ficaria realmente revoltada, porém, no final do post ela colocou a hashtag “#sarcasmo”, já dando uma pista de que não era o que parecia.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10211506183683385&set=a.1989386747482.108860.1627740331&type=3

Pouco tempo depois, Enedina fez outros posts contando que na verdade o piercing não passava de uma edição de imagem bem feita, e que a sua intenção era simplesmente deixar famílias chocadas e dar início a um debate do que é certo e do que é errado quando se trata de pais alterando os corpos dos filhos.

Mas afinal, por que diabos ela queria deixar as famílias tão chocadas com esse post? Enedina tinha a intenção de abordar o tema circuncisão, que para quem não sabe, é a retirada cirúrgica do prepúcio do pênis, praticada por razões higiênicas ou religiosas. Enedina é militante contra esse procedimento desde que seu filho nasceu, em 1998. O fato é que o tema não é consenso na comunidade médica e ainda gera muitas dúvidas.

Existem as pessoas que defendem o procedimento como método preventivo, pois ele favorece a higiene do pênis, e outras pessoas já dizem que a circuncisão só pode ser feita quando um menino completar 18 anos e decidir passar pela cirurgia, por escolha dele mesmo.

Mas e você, qual a sua opinião sobre o assunto? Não esqueça de deixar o seu comentário!

Guerreiros Folclóricos – Conheça o game brasileiro que explora as lendas nacionais

Matéria anterior

7 situações que, praticamente, todas as mulheres vão se identificar

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar