Mundo Animal

Essas raças de cachorros desapareceram

0

Você pode pensar que conhece a maioria das raças de cachorros que existem no mundo, mas algumas delas foram extintas séculos atrás. Mesmo que o número exato de raças de cães no mundo ainda seja um mistério, a Federação Cinológica Internacional (FCI), uma Organização Mundial Canina, conseguiu compilar todas as raças que desapareceram, tendo 339 ao todo.

Veja abaixo sete exóticas raças de cães que foram extintas.

1. Turnspit

Foto: Reprodução

O Turnspit era um cachorro doméstico extremamente dócil, inteligente e até costumava ajudar chefs e cozinheiros. Por causa disso, foi apelidado como Cão de Cozinha.

Especialistas estimam que o animal tenha originado no Reino Unido. Além disso, o cachorro possuía pernas curtas, com uma estrutura corporal longa. 

Essa característica pode estar ligada à extinção do Turnspit Dog, porque o animal era visto como um cão humilde e comum. O cachorro também perdeu espaço como ajudante de cozinha, com a evolução da tecnologia.

2. Kuri

Foto: Reprodução/Teara

Os fãs de “Moana” provavelmente já ouviram falar do Kuri, pois acreditava-se que o semideus maoriano Māui criou a raça transformando seu cunhado em um. Esse animal é originário da Nova Zelândia e servia ​​para caçar pássaros.

Porém, quando os colonos europeus chegaram à Nova Zelândia, eles levaram os seus próprios cães com eles. Por causa do cruzamento, os Kuri foram extintos.

3. Dogo cubano

Foto: Reprodução

O Dogo Cubano, também nomeado de Mastiff Cubano, era um cruzamento entre o Mastiff e um Bloodhound. Os animais dessa raça foram criados para ajudar a caçar escravos fugitivos.

Após a escravidão ser abolida, esses cachorros diminuíram em popularidade até desaparecerem da existência. Além disso, estima-se que diversas raças modernas, como o Dogo Argentino e o American Pit Bull Terrier, sejam descendentes do Dogo Cubanos.

4. Old english bulldog

Foto: Wikimédia Commoms

Apesar do Old English Bulldog ser uma das raças de cachorros que desapareceram, o Bulldog Inglês e o Olde English Bulldogge continuam vivos.

Os Old English Bulldogs eram maiores e menos compactos do que os seus descendentes modernos. Essa raça desapareceu e foi substituída pelo Staffordshire Bull Terrier, English Bull Terrier e American Pit Bull Terrier.

5. Bullenbeisser

Foto: Reprodução

Um ancestral do Boxer moderno, o Bullenbeisser, também é chamado de Bulldog Alemão e era uma raça famosa na Alemanha antes de ser extinta. Esses cachorros eram populares por serem inteligentes, com muita força e agilidade. O atual Bulldog Espanhol compartilha bastante similaridades com essa raça.

Antes de serem extintos, um cruzamento de Bullenbeisser com Bulldogs vindos da Grã-Bretanha foi coordenado pelos criadores alemães Roberth, Konig e Hopner no final da década de 1870. Com isso, criou-se a raça Boxer.

6- Cão lutador de Córdoba

Foto: Reprodução/Mental Floss

Como o nome sugere, este cão era originário de Córdoba, Argentina. A raça extinta era conhecida por sua natureza muito agressiva, provavelmente porque eram usados como cachorros de briga.

O animal era feroz, forte, implacável e muito vigoroso quando a situação exigia. A raça surgiu do cruzamento de Alano Español, Mastiff, Bull Terrier, Bulldog e Boxer.

Além disso, essa natureza violenta do cão de combate de Córdoba pode ter contribuído para sua extinção. O cachorro sempre estava pronto para lutar até a morte e aguentar toda a dor enquanto estivesse em ação.

O Cão de Combate de Córdoba é o ancestral direto do Dogo Argentino, que surgiu na década de 1920 pelo cruzamento do cão de Córdoba com os Grandes Pirineus, Dogue Alemão, Bulldog, Dogue de Bordeaux e Bull Terrier.

7. Molosso

Foto: Wikimédia Commoms

O Molosso é o avô de algumas das raças mais conhecidas na atualidade. O animal foi originado na Grécia antiga, e se ramificou para diversas raças, incluindo o mastim, São Bernardo, cão de montanha de Berna, Rottweiler e Dogue Alemão.

Os molossos eram trabalhadores assíduos. Além disso, eram bons para vigiar pessoas e gado.

Fonte: Segredos do Mundo

Como a maconha afeta a cognição e a psicologia, segundo novos estudos

Matéria anterior

Repositor de supermercado fez sucesso no TikTok com esculturas com comida

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications