Curiosidades

Esse fotógrafo amador possui imagens da Lua que nem a NASA possui

0

Você já deve ter tentado tirar uma foto da Lua, não é? Contudo, para sua surpresa, a foto tirada acabou não se parecendo nada com a imagem que você estava vendo. Depois do experimento, você pode imaginar que somente a NASA conseguiria tirar uma boa foto da Lua. Mas e se nós te dissermos, que esse fotógrafo amador possui imagens da Lua que nem a NASA possui?

Se você quer tirar fotos incríveis da Lua, basta fazer como Andrew McCarthy, um fotógrafo amador. No entanto, mesmo revelando seu segredo, nós já vamos avisando, a tarefa não é nem um pouco fácil. De todo modo, o resultado é realmente surpreendente.

Mais de 50 mil imagens foram combinadas para gerar essa foto

Mesmo não possuindo um telescópio, é possível tirar uma foto sensacional da Lua com uma riqueza incrível de detalhes. Na verdade, a tarefa não é tão simples, mas, é, definitivamente, mais simples do que poderia ser. Para isso, você vai precisar de uma câmera especial para astronomia e muita, mas, de fato, muita paciência. E para nossa sorte, o fotógrafo Andrew McCarthy possuía tudo isso em mãos. Com seu equipamento, ele combinou 50 mil imagens individuais para gerar uma única foto da Lua.

Para capturar a imagem da Lua, McCarthy usou uma câmera Sony e outra ZWO de astronomia. Dessa forma, ele pôde criar esta deslumbrante imagem de 81 megapixels do nosso satélite natural. Na foto em alta resolução, é possível ver a imensidão de detalhes presentes na superfície lunar.

Ao final do processo, o fotógrafo usou 50 mil imagens para construir a imagem final. Somente assim, ele poderia alcançar todos os detalhes que buscava. Desse modo, o fotógrafo explica que o lado iluminado da Lua foi processado usando 25 recortes, que foram ‘costurados’ juntos no Photoshop. Para o outro lado, no lado escuro, ele utilizou 13 recortes, enquanto as estrelas foram capturadas com uma pilha de 50 fotos. Depois disso, a imagem encontrada teve seus níveis de contraste ajustados, até que McCarthy ficasse totalmente satisfeito com o resultado.

Ele não foi o primeiro a utilizar esse método

Em 2015, o artista/astrônomo polonês, Bartosz Wojczyński, realizou o mesmo experimento, mas em menor escala. Com isso, ele se equipou com uma câmera ZWO ASI174MM, seu tripé Sky-Watcher HEQ5 e o telescópio Celestron C9.25. Com o equipamento em mãos, ele realizou 32 mil fotos, que foram posteriormente unidas por meio do software.

Ao final de cerca de seis horas de processamento, o que se conseguiu foi uma imagem de 14 megapixels e rica em detalhes. Para se ter uma ideia, todas as fotos foram feitas na casa do próprio fotógrafo. Além disso, foram gastos cerca de US$ 35000,00 de equipamentos. Agora, cabe a você, dizer se o investimento valeu a pena. Para conferir a fotografia de Bartosz Wojczyński em resolução máxima, basta clicar aqui.

E para ver a foto de Andrew McCarthy em resolução máxima, basta clicar aqui. Em seu Instagram, Andrew possui diversas outras fotos de astros e da Lua, basta acessá-lãs e clicar aqui. Em seu perfil, também é possível comprar um pôster de sua fotografia.

Entenda porque a era dos aviões a jato acabou, segundo Elon Musk

Matéria anterior

Estudo explica o motivo pelo qual animais fêmeas vivem mais do que os machos

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.