CuriosidadesMundo Animal

Esses anfíbios bizarros sem membros foram descobertos pela primeira vez nos EUA

0

O mundo animal é algo fascinante e amplo. Uma simples e rápida observação nos faz ficar com vários pensamentos e levantar diversas questões. Estudiosos do mundo inteiro dedicam suas vidas aos estudos dos animais. Alguns chamam a atenção por causa de suas aparências um tanto exóticas. Outros, se destacam pelo comportamento, alimentação e até mesmo pela forma de reprodução.

Estima-se que existam aproximadamente 7,77 milhões de espécies de animais no mundo. Entretanto, apenas 953.434 foram descritas e catalogadas. Por conta disso, novas espécies sempre são descobertas.

Como por exemplo, esses caecilians de aparência estranha são anfíbios parecidos com os vermes que estão presentes em nosso planeta por milhões de anos. Mas eles nunca foram encontrados na natureza nos EUA, até agora.

Descoberta

Animal1 550x287, Fatos Desconhecidos

Agora se confirmou que uma criatura capturada em 2019, na Flórida, é um ceciliano do Rio Cauca, Typhlonectes natans. Essa é uma espécie nativa da Colômbia e da Venezuela e ela pode crescer mais de meio metro de comprimento.

Esse anfíbio capturado morreu recentemente e foi levado para que especialistas da Universidade de Flórida o analisassem. Então eles fizeram um exame e uma análise de DNA e revelaram que realmente se tratava de um ceciliano.

“Muito pouco se sabe sobre esses animais selvagens, mas não há nada particularmente perigoso sobre eles, e eles não parecem ser predadores sérios. Eles provavelmente comerão animais pequenos e serão comidos por animais maiores. Esta poderia ser apenas mais uma espécie não nativa na mistura do sul da Flórida”, disse o herpetologista Coleman Sheehy,  da Universidade da Flórida.

Criatura

Animal2 750x556, Fatos Desconhecidos

O que é sabido sobre os cecilianos é que, várias vezes, eles passam muito tempo no subsolo ou então em água doce. Algumas espécies desse animal podem atingir tamanho de até 152 centímetros e podem parecer caçadores formidáveis. Contudo, eles tem uma visão bem fraca. Por conta disso se chamam cecilians que, em latim quer dizer “cegos”.

Recentemente, foi descoberto que esses animais tem glândulas de veneno parecidas com as das cobras. E eles também podem, de fato, ser o animal mais antigo em termos evolutivo com uma picada venenosa.

Desde que ele foi visto em 2019, mais relatos de criaturas parecidas foram vistos no sul da Flórida. E se planeja um trabalho de campo no canal para conseguir descobrir o quão difundidas essas criaturas podem estar nessas águas.

“Neste ponto, realmente não sabemos o suficiente para dizer se os cecilians estão estabelecidos no Canal C-4. Isso é o que queremos descobrir”, disse Sheehy.

Observações

Animal3 634x300, Fatos Desconhecidos

Entretanto, as condições seriam sim adequadas para esses animais. Já que a espécie Typhlonectes natans vive entre a vegetação aquática em corpos de água rasa que são quentes e lentos. Tudo que o canal C-4 oferece.

Tecnicamente, esses animais já tiveram nos EUA antes, mas não foi recentemente. Já que se encontrou 170 milhões de restos fossilizados bem antigos no sudoeste americano. No entanto, até essa nova descoberta, nenhum outro sobrevivente tinha sido encontrado.

E outra questão é como esses cecilians chegaram até a Flórida. Contudo, dado que  Typhlonectes natans é o tipo mais comum no comércio de animais de estimação e consegue procriar em cativeiro, Sheehy acredita que a espécie possa ser um animal de estimação que alguém não quis.

“Isso não estava no meu radar. Não achei que um dia encontraríamos um cecilian na Flórida. Portanto, foi uma grande surpresa”, concluiu ele.

Sistema planetário perto de nós pode ter uma super-Terra habitável

Matéria anterior

7 famosos que se arrependeram das suas cenas de nudez

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos