Esses são os efeitos colaterais após um transplante de cabeça

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      28/05/18 às 13h11

Há tempos atrás fizemos uma matéria falando da história do neurocirurgião italiano que afirma ter feito o primeiro transklante de cabeça. O nome do cara é Sergio Canavero, e não é de hoje que ele está com esse papo de transplante de cabeça.

Embora o neurocirurgião esteja em silêncio há um tempo, a mídia diz que Canavero e o cirurgião Xiaoping Ren estão ocupados planejando os próximos passos em seu feito controverso e sensacional. Uma revisão do plano foi feita por cientistas independentes e publicada no Current Translational Reports, levantando a grande questão: "Estamos prontos para um transplante de cabeça humana?" E a resposta obviamente é não. A gente explica o motivo pela qual esse feito não daria certo, segundo esse estudo.

Os efeitos colaterais de um transplante de cabeça

O estudo argumenta que a cirurgia teria que primeiro superar grandes obstáculos científicos antes de se tornar uma realidade. O relatório explica que a pessoa com o novo corpo poderia 'decair em loucura' de estresse psicológico. Também foi apontado que "os receptores de BHT experimentariam uma dissonância de corpo e mente de tal magnitude que a insanidade e a morte são possíveis".

Para quem não sabe, o BHY (body-to-head transplantation) é uma operação cirúrgica experimental que envolve o enxerto da cabeça de um organismo no corpo de outro; em muitos experimentos, a cabeça do receptor não foi removida, mas em outros, foi. Experimentação em animais começou no início de 1900.

'Os pacientes que sobreviveram ao BHT podem se sentir sortudos por estarem vivos. Os custos da sobreviência, no entando, podem ser altos. Como a mente se ajustará a um novo corpo é desconhecido. A cognição humana não se origina nem está localizada exclusivamente no cérebro", afirma o relatório.

Existe também os enormes obstáculos cirúrgicos e imunológicos. Um dos principais problemas é a rejeição do corpo. Com um transplante corpo-a-corpo, o corpo provavelmente enfrentará uma resposta imune colossal, exigindo uma enorme quantidade de tratamentos imunossupressor.

É até duvidado que a operação é possível, uma vez que a reconexão da medula espinhal em humanos ainda não foi comprovada, embora Canavero tenha reconectado a medula espinhal de 16 camundongos e um cão com sucesso.

Bom, acho que podemos concluir que é um tanto desnecessário um ato desses, ao menos enquanto a ciência não superar esses obstáculos. Concordam? Comentem aqui embaixo.

Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+