Entretenimento

Este garoto da quarta série mandou uma carta dura para sua crush depois que descobriu que ela era racista

0

Poucas coisas são puras e sinceras como o amor de uma criança. Durante o início da vida, é comum que apareçam as primeiras paixões na escola ou na vizinhança. Porém, quando esse sentimento é contrariado de alguma forma, a reação também pode ser uma simplicidade e honestidade bem difícil de se encontrar na vida adulta.

Uma usuária do Twitter identificada como @Emeraald_ compartilhou uma carta escrita por um estudante da quarta série que demonstra bem essa situação. Emeraald é filha de uma professora que encontrou a carta com um de seus alunos, depois que ele passou por uma decepção com uma menina que gostava.

Na mensagem, o garoto Jorge pedia que sua “crush” Alina devolvesse todas as cartas de amor que recebeu, pois ele estava desapontado. O motivo? Ela tinha apresentado alguns comportamentos racistas.

De: Jorge
Para: Alina

Oi Alina é Jorge o garoto que te manda aquelas cartas.

Eu costumava gostar de você mas eu ouvi que você está fazendo bullying com uma garota que tem uma cor de pele diferente e isso é bem errado.

Quem iria querer estar com você?

Eu realmente me arrependi de te mandar aquelas cartas.

Não mesmo!

Me desculpe por gostar de você.

Além das palavras de tristeza, arrependimento e decepção, o garoto não hesitou em completar seu sentimento colocando desenhos de um rosto triste e um coração partido. Ele realmente queria deixar claro que não queria continuar com aquela relação de troca de cartas de amor.

Apesar do poder da mensagem, muitos usuários da rede social ficaram desconfiados com a veracidade da informação. Alguns defenderam que as indicações de arrependimento pareciam muito maduras para uma criança da quarta série. Outros também apontaram a beleza das letras como indícios de que uma criança tão jovem não poderia ter enviado aquela carta.

Por outro lado muita gente também defendeu que o carta podia muito bem ser real. As pessoas desse lado acreditam que o discurso é completamente natural para uma criança, por conta do tom sincero e sem filtros que a gente acaba construindo ao longo da vida. A grafia também não foi problema para esse grupo, que achou completamente natural o design das letras.

Até o momento da publicação da matéria, o tuíte já tinha alcançado mais de 43 mil RTs e 136 mil curtidas.

Inspirados pela carta de Jorge, muita gente defendeu que o mundo precisa de mais atitudes como a do garoto, que abriu mão de sua paixão infantil para se colocar contra uma causa maior.

Agora, fica a nossa torcida para que mais crianças e adultos se juntem na batalha contra o preconceito. E também a torcida, é claro, para que ele encontre uma nova paixão que não lhe cause decepções que justifiquem uma carta tão dura.

O que achou da mensagem do jovem Jorge? A atitude é importante e deveria ser repetida por muita gente, independente da idade. Mesmo que a carta não seja real, o valor da mensagem ainda é importante e deve ser transmitido para todos.

Médico realiza último desejo de idosa e mostra como é simples ser humano

Matéria anterior

7 vezes que viciadas em maquiagem foram longe demais

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications