Terror e Sobrenatural

Fã de Fórmula 1 divulga vídeo inédito do dia da morte de Ayrton Senna

0

Você sabe quais foram os famosos que já morreram em acidentes de carro? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você uma lista com alguns deles.

Segundo o portal G1, “duas décadas depois do acidente que matou Ayrton Senna na pista de Ímola, em 1º de maio de 1994, a marca do piloto continua a ser uma das mais valiosas e rentáveis do esporte brasileiro.
Hoje é possível comprar desde aparelhos de DVD a capas de smartphone, macarrão instantâneo, achocolatado e artigos de papelaria com a grife do piloto ou do personagem de história em quadrinhos criado em sua homenagem – o Senninha.
Marco Crespo, diretor de negócios do Instituto Ayrton Senna (IAS), estima que o montante movimentado com a venda desses produtos e campanhas ligadas ao nome de Senna seja de R$ 600 milhões a R$ 1 bilhão“.

Senna Ap, Fatos Desconhecidos

Ayrton Senna foi um dos pilotos brasileiros de Fórmula 1 mais famosos da história tanto pelo carisma quanto pelo talento e habilidade nas pistas.

Um fã de Fórmula 1, chamado Thomas Gronvold, assistiu ao GP de San Marino de 1994, torneio em que o acidente com o piloto ocorreu, e resolveu digitalizar e publicar suas gravações amadoras dos Boxes de Imola no Youtube, décadas depois da morte do piloto brasileiro.

Manifestação Pró Anista Em S.Paulo Em 1978.escola Focus 2, Fatos Desconhecidos

Ayrton Senna é visto nos boxes, com o carro na pista e até são exibidos alguns trechos do acidente anterior à morte, o de Pedro Lamy com JJ Lehto, além da movimentação das equipes e do resgate.

Confira o vídeo inédito postado por Thomas Gronvold com imagens inéditas do dia do acidente de Senna:

O primeiro de 16 minutos:

O outro mais curtinho:

O que achou da gravação sobre o dia do acidente de Senna? O que acha do piloto brasileiro que foi sucesso no mundo inteiro? Mande seu comentário para gente, marque aquele seu amigo ou amiga que são fãs do Senna para ver o vídeo.

5 formas de derrotar o Darth Vader

Matéria anterior

11 táticas que as cidades usam para controlar os cidadãos

Próxima matéria

Você também pode gostar

Comentários

Comentários não são permitidos