EntretenimentoFatos Nerd

Glenn Close afirma que Fernanda Montenegro merecia ganhar o Oscar de 1999

0

No ano de 1999, a atriz brasileira Fernanda Montenegro foi indicada ao Oscar na categoria Melhor atuação no filme “Central do Brasil” (1998). Porém, a atriz Gwyneth Paltrow foi a grande vencedora da premiação por causa da encenação na produção de “Shakespeare in Love”.

O assunto voltou a ser comentado em novembro de 2020, durante uma entrevista da atriz Glenn Close à rede americana ABC. A estrela falou que o Oscar deveria ter sido entregue para a atriz brasileira, no lugar de Gwyneth Paltrow.

O Oscar de 1999

Foto: Reprodução

No Oscar de 1999, Cate Blanchett , Meryl Streep , Gwyneth Paltrow, Emily Watson e Fernanda Montenegro concorreram na categoria “Melhor Atriz”. No fim da noite, a grande vencedora da estatueta foi a atriz Gwyneth Paltrow, por causa da atuação no famoso filme “Shakespeare in Love”.

Anos depois, no fim de 2020, Glenn Close foi convidada pela ABC para divulgar o filme “Era uma vez um sonho”. Durante uma entrevista, a atriz foi questionada sobre como lidar com a opinião alheia em torno das premiações.

“Honestamente, eu nunca entendi como é possível comparar atuações. Eu lembro aquele ano em que Gwyneth Paltrow ganhou daquela atriz incrível de ‘Central do Brasil.’ Eu pensei o quê? Isso não faz sentido”, disse a atriz norte-americana em entrevista para a ABC.

Fernanda Montenegro agradeceu a colega por meio do seu perfil oficial no Instagram. Glenn Close já foi indicada ao Oscar oito vezes, sendo a mais recente em 2021. No entanto, a estrela norte-americana nunca ganhou uma estatueta.

O filme “Central do Brasil”

Foto: Divulgação / Europa Filmes

O filme franco-brasileiro, “Central do Brasil”, foi lançado em 1998. A obra dirigida por Walter Salles e escrita por João Emanuel Carneiro e Marcos Bernstein, estreou sendo bem avaliada pela crítica nacional e internacional. 

A pré-estreia mundial do longa ocorreu no dia 16 de janeiro de 1998, durante uma mostra regional de cinema na Suíça. Do gênero drama, a produção contou com um grande elenco, sendo estrelada por Fernanda Montenegro e Vinícius de Oliveira.

Ambientada no Brasil, a trama narra a história de Dora (Fernanda Montenegro), uma professora aposentada que trabalha ajudando pessoas analfabetas na Estação Central do Brasil. Por causa disso, ela conhece Josué (Vinícius de Oliveira), um garoto que acaba de perder a mãe e sonha em encontrar o pai que mora no Nordeste.

Elogiado pela crítica nacional e internacional, o filme recebeu várias indicações e prêmios em todo o mundo. Na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, venceu o BAFTA, o Globo de Ouro, National Board of Review e o Prêmio Satellite.

No ano de 2015, entrou para a lista dos 100 Melhores Filmes Brasileiros de Todos os Tempos, organizada pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema, conforme divulgou o site Gazeta do Povo.

Fernanda Montenegro é considerada a mulher mais admirada do Brasil

Foto: Reprodução/El País

A atriz Fernanda Montenegro foi eleita pela terceira vez consecutiva a mulher mais admirada do Brasil, de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Qualibest. Em segundo lugar está a cantora Anitta, seguida de Taís Araújo e da apresentadora Ana Maria Braga.

Conforme os dados do Instituto, foram entrevistadas 1.115 pessoas de todo o Brasil entre 18 e 27 de fevereiro de 2022.

Arlette Pinheiro Monteiro Torres, nome de batismo da atriz, chega aos 92 anos sendo uma das celebridades brasileiras mais aclamadas e renomadas internacionalmente.

A artista foi celebrada até pelo escritor Carlos Drummond de Andrade: “Ela não se preocupa somente em elevar ao mais alto nível sua arte de representar, mas insiste igualmente em meditar sobre o sentido, a função, a dignidade, a expressão social da condição de ator em qualquer tempo e lugar”.

Fonte: Aventuras na História, Correio Braziliense

A história surpreendente e complicada do inventor do vaso

Matéria anterior

Entenda o que é gaslighting, o termo associado a Arthur no BBB22

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos