Hackers dão prosseguimento à onda de ataques a sites relacionados à Copa

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      13/06/14 às 13h07

Vários ataques contra sites que, de alguma forma, estão relacionados a Copa do Mundo Fifa 2014, tem sido constatada, segundo o portal Info. As ações são rogadas por membros auto intitulados do coletivo Anonymous. Ainda de acordo com a publicação, a Negação Distribuida de Serviço (DDos) tem sido a forma utilizada para tirar do ar (mesmo que temporariamente) os sites. "Companhias e instituições que trabalham com um governo que nega direitos básicos a seu povo para promover um evento esportivo privado, exclusivo e corrupto serão alvos", disse o popular hacker Che Commodore.

O ataque DDos consiste em vários computadores requisitando dados no mesmo segundo, por muitas e muitas vezes, até que o servidor lotado de requisições acaba caindo. Até o momento, especula-se que portais do governo (como o do Mato Grosso) e até mesmo de empresas privadas (como o da Hyundai, uma das patrocinadoras do campeonato mundial) foram vitimados pelos hackers. O serviço de email do Ministério de Relações Exteriores foi invadido no mês passado; uma lista de dignatários estrangeiros que assistiriam à Copa acabou vazando internet afora.

Deve-se mencionar, porém, que segundo um representante da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), o site governamental em xeque saiu do ar nesse sábado durante certo momento "para manutenção". O ataque teria sido, assim, "totalmente falso". A Hyundai também negou que foi vítima de ações hacker.

por outro lado
Segundo o porta-voz do Ministério da Defesa, por outro lado, um aumento na "atividade hacker" foi constatado no país, mas nenhum ataque aos portais federais foi registrado até agora. O fato é que o Brasil já esperava por esse tipo de ataque, visto que em fevereiro desse ano, hackers brasileiros que pertencem a movimentos ativistas já tinham anunciado a ação publicamente.

[caption id="attachment_1478" align="aligncenter" ]O site do Procon-SP saiu do ar ontem (12) O site do Procon-SP saiu do ar ontem (12)[/caption]

Ainda no início deste ano, William Beer, técnico em segurança online da empresa de consultoria Alvarez & Marsal, confessou à Reuters que tudo era apenas uma questão de tempo. "O ponto não é a possibilidade de ataques à Copa, mas sim quando eles serão feitos". Na mesma época, José Carlos dos Santos, general responsável pelas empreitadas de combate do Exército a ataques virtuais, afirmou que o Brasil estaria preparado. "Seria irresponsável dizer que qualquer país está 100% preparado para uma ameaça. Mas o Brasil está pronto para responder às prováveis ameaças", comentou o militar. Este tema certamente irá protagonizar mais notícias durante o período de Copa.

Lista com os sites que ainda serão atacados
Segundo o Hackers News esses sites serão atacados em virtude da Copa 2014: https://hackersnewsbulletin.com/2014/06/list-damage-opworldcup-anonymous-target-list-sponsors.html

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+