Curiosidades

Conexões cerebrais foram regeneradas com uma dose de cogumelos mágicos

0

Apenas uma pequena porção colocada no organismo e o mundo já se transforma num lugar colorido e completamente fantasioso. Cada droga pode prometer uma viagem diferente e uma onda que combina com cada momento, mas a verdade é que todas possuem algo em comum: afetam o funcionamento do cérebro a curto ou longo prazo.

E um ramo crescente de pesquisas sobre drogas tem mostrado que as experiências com drogas psicodélicas podem levar à melhoras. A psilocibina, que é o composto ativo nos cogumelos mágicos, tem alguns efeitos curiosos no cérebro humano. Por conta disso, existe um grande interesse dos cientistas no seu uso como antidepressivo.

Como por exemplo, esse estudo recente que mostrou que a psilocibina era tão eficaz contra a depressão quanto o tipo de antidepressivo mais comum que é inibidor seletivo de recaptação de serotonina (SSRIs). Existem indícios de que os psicodélicos conseguem induzir adaptações neurais. No entanto, o que a psilocibina faz de verdade com o cérebro e quanto tempo os efeitos duram ainda não é sabido exatamente.

Estudo

Cogumelo2 499x332, Fatos Desconhecidos

Os pesquisadores descobriram que, em camundongos, a psilocibina conseguiu desencadear um aumento imediato e duradouro das conexões neuronais depois de somente uma dose. Essa descoberta pode ajudá-los a explicar os efeitos antidepressivos que o composto ativo tem.

“Não só vimos um aumento de 10% no número de conexões neuronais, mas elas também eram, em média, cerca de 10% maiores, portanto mais fortes”, disse o neurocientista Alex Kwan, da Universidade de Yale, nos EUA.

Os cientistas acreditam que a depressão esteja ligada ao neurotransmissor serotonina, que é um hormônio que ajuda a transmitir sinais entre regiões do cérebro. E a ação da psilocibina e outros psicodélicos também está ligada à serotonina. Foi isso que levou os cientistas a estudar mais o potencial dela como um antidepressivo. Incrivelmente, como mostram os resultados, ela parece ser bem eficaz.

Efeitos

Cogumelo1 512x334, Fatos Desconhecidos

Geralmente os SSRIs tem alguns efeitos colaterais desagradáveis, já os psicodélicos podem ir por outros e novos caminhos para o tratamento de depressão. Contudo, isso só vai acontecer quando os cientistas entenderem o que esses compostos fazem com o cérebro dos mamíferos.

Então, uma equipe de pesquisadores liderada pelo neurocientista Ling-Xiao Shao da Universidade de Yale, observou os efeitos da psilocibina nos cérebros dos camundongos.

Os camundongos foram divididos em três grupos. Um deles recebeu somente soro fisiológico e os outros ficaram como grupos de controle. O segundo grupo de controle positivo foi dosado com a cetamina, que é  outra substância com benefícios antidepressivos bem impressionantes. E o terceiro grupo recebeu as doses de psilocibina.

Depois disso, para rastrear alterações cerebrais nesses três grupos durante vários dias os pesquisadores usaram um microscópio de varredura a laser. Eles repetiram essa mesma varredura depois de um mês.

Observações

Cogumelo3 1030x531, Fatos Desconhecidos

Em comparação com os outros dois grupos, os camundongos que receberam psilocibina tiveram uma aumento acentuado em um tipo de estrutura neural chamada colunas dendrítica. Elas são pequenas saliências que são encontradas nos dendritos do neurônio e tem um papel fundamental na transmissão de sinais elétricos no cérebro e plasticidade sináptica.

O efeito da psilocibina nos espinhos dendríticos dos camundongos foi bem impressionante. Esse aumento na densidade e tamanho da coluna dendrítica foi detectável em somente 24 horas depois dos animais terem recebido a dose. E ela continuou nos dias seguintes.

Esse efeito foi parecido com o da cetamina. Agora, como esses compostos que agem de forma diferente no cérebro tem o mesmo efeito ainda não está claro. Por isso é necessário mais estudos e aprofundamento nesse assunto, como disseram os pesquisadores.

“Foi uma verdadeira surpresa ver mudanças tão duradouras com apenas uma dose de psilocibina. Essas novas conexões podem ser as mudanças estruturais que o cérebro usa para armazenar novas experiências”, concluiu Kwan.

23 Celebrity Tweets You Missed From The Golden Globes

Matéria anterior

Porque na estátua de Lady Di tem três crianças com ela?

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos