Curiosidades

Homem cozinha e come o próprio dedo depois de perdê-lo em um acidente

0

Após sofrer um acidente de motocicleta, o britânico David Playpenz teve que amputar um de seus dedos. Playpenz, depois do procedimento cirúrgico, perguntou aos médicos se ele poderia levar para casa o dedo amputado. Sem nenhum tipo de objeção, a equipe que o atendeu consentiu o pedido.

Em casa, Playpenz decidiu sanar uma velha curiosidade: descobrir o sabor da própria carne. Isso mesmo. O indivíduo, que sabia que comer a carne de outra pessoa era ilegal, resolveu cozinhar o próprio dedo. Além de ingeri-lo, Playpenz guardou os ossos como lembrança.

“Eu sei que parece loucura, mas não era apenas uma curiosidade. Se eu comesse a minha carne e ficasse com os ossos, não estaria perdendo parte de mim, entende?”.

O dedo

Dois dias após a cirurgia, Playpenz foi até a cozinha e cozinhou o dedo. O indivíduo optou por cozinhá-lo para não danificar os ossos. Para sentir o verdadeiro sabor de sua própria carne, Playpenz não utilizou nenhum tempero.

Depois de contar aos seus amigos sobre sua incomum refeição, o indivíduo teve que lidar com algumas reações adversas. Um casal de amigos de Playpenz, por exemplo, disse que sua atitude foi extremamente nojenta.

Playpenz garantiu a todos que comer o próprio dedo não o transformou em Hannibal Lecter. Para ele, a experiência foi única, mas, agora, não pretender mais repeti-la. Ah! Os ossos foram guardados, estão em uma caixa.

O indivíduo até postou uma foto do dedo cozido em seu perfil do Facebook.

Apresentadores canibais

O britânico que acabamos de citar não foi o único a provar carne humana. Teve muita gente por aí que fez questão de viver tal experiência. Em 2011, os holandeses Dennis Storm e Valerio Zeno – apresentadores de televisão -, resolveram degustar nádegas e barriga fritas durante um programa transmitido pela BNN, uma emissora holandesa.

E por que ambos escolheram nádegas e barriga? Porque um açougueiro sugeriu, justificando que esses eram os melhores cortes do corpo humano. E sabe o que é pior? As partes em questão eram dos próprios apresentadores.

O pedaço de músculo da nádega esquerda de Storm e do abdômen de Zeno foi removido por um cirurgião. Ambos os cortes foram preparados por um chef e as carnes foram servidas com aspargos verdes de acompanhamento.

Para Zeno, a carne tinha sabor de um pedaço de pneu de carro. O apresentador, por conta disso, levou um tempo engolir a carne preparada. Já Storm comeu mais rápido. “Isso é doentio”, disse Anna Mees, uma jovem de 25 anos que assistia ao programa.

Storm e Zeno resolveram passar por tal desafio depois de assisitr o filme “Alive”. A produção cinematográfica conta a história de uma equipe de rúgbi que sobreviveu a um acidente de avião. Por terem caído em um lugar remoto, a equipe teve que comer carne humana para sobreviver.

“Desde então eu sempre imaginei qual seria o sabor da carne humana”, disse Zeno à Reuters.

Tanto Zeno, quanto Storm disseram que não repetiriam a experiência. Ambos apresentadores justificaram a afirmação dizendo que, além de ser necessário passar por mais procedimentos cirúrgicos, o canibalismo é legal na Holanda.

7 famosas que assumem, com orgulho, as cirurgias plásticas

Matéria anterior

Sistema Solar vai se desintegrar antes do previsto

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.