Compartilhando coisa boaCuriosidades

Homem recebe pix de 275 mil reais por engano e devolve dinheiro ao dono

0

Ao contrário do que diz o ditado, nem tudo que vai volta. É assim que funciona com o pix, uma vez que essa forma de pagamento não permite o cancelamento da transação. No entanto, o jovem Daniel Franco mostrou que, quando o dinheiro é recebido por engano, ele pode sim voltar ao dono.

De início, o rapaz pensou que os 275 mil reais em sua conta eram algum tipo de pegadinha, pois o episódio aconteceu no dia 1º de abril. No entanto, o caso se tratava de uma transferência errada. Ao perceber o equívoco, o jovem encontrou o dono do dinheiro e devolveu o valor. Como consequência, sua honestidade foi recompensada com 3 mil reais de presente.

Fonte: Pixabay

Estranhamento inicial

De início, Daniel se assustou com a notificação de que recebeu um pix com valor muito alto. Afinal, no momento ele é consultor de vendas em uma academia, e tem uma remuneração mensal de 1,5 mil reais. Portanto, a entrada de 275 mil em sua conta lhe chamou atenção.

Imediatamente, o rapaz foi à Delegacia fazer um boletim de ocorrência. Isso facilitaria a vida do dono do dinheiro ao procurar pelo destino do valor, já que estaria registrado publicamente o seu recebimento.

Enquanto este encontro não acontecia, Daniel caminhou com a próprias pernas na busca pelo emissário daquela quantia. Então, procurou sua chefe para averiguar se não ocorreu algum descuido na hora da academia realizar os pagamentos dos funcionários.

Logo, ele percebeu que não houve engano algum por parte da empresa em que ele trabalhava. Sendo assim, continuou a investigar a origem do dinheiro e chegou a uma corretora de grãos de Sinop, coincidentemente.

Devolução

Antes que Daniel fosse até à empresa de intermediação, ela própria já tinha identificado a transferência enganosa. Afinal, 275 mil reais fazem uma falta danada, não é?

Dessa maneira, o supervisor comercial da corretora contou que aconteceu um pequeno erro na hora de digitar a chave do pix. “Quando enviamos o comprovante para o fornecedor ele nos disse que estava errado o nome na transferência”, explica Igor Eduardo Marques.

Após a devolução, a empresa recompensou a honestidade de Daniel com 3 mil reais, valor que equivale a duas vezes o salário que ele recebe. A propósito, o íntegro rapaz disse que jamais imaginou a repercussão que o caso tomaria.

Fonte: @daniel._franco / Instagram

Em postagem no Instagram, ele afirma que pensou em todo mundo que sairia prejudicado com o engano. “Imaginei o quanto seria difícil para mim se fosse eu o destinatário e o valor tivesse se perdido, e o quanto seria ruim se eu ficasse, imaginem a preocupação do funcionário que fez a transferência errada? Pensei tudo isso…”, desabafa ele, agora respirando com alívio.

Além disso, o encontro do remetente permitiu que Daniel dormisse de forma tranquila. Afinal, ele temia que o dinheiro fosse fruto de algum esquema de corrupção: “eu seria um alvo fácil para retirarem o valor quando estivesse sozinho em casa, fiquei aliviado ao encontrar os meios de fazer a devolução”.

Apesar da repercussão, o rapaz afirma que não quer que vejam sua atitude como um ato de heroísmo. “Não me sinto um herói por isso, mas fico muito feliz e grato em poder contribuir com notícias do bem.”

Como devolver um pix recebido por engano

A princípio, cada banco tem recursos diferentes, mas em geral, todos eles convergem em ter um botão com a função de devolver pix. Logo, basta ir no seu extrato e buscar pelo valor recebido de forma indevida. Em seguida, acione a ferramenta de retornar a transferência ao remetente.

Vale lembrar que usar o dinheiro recebido por engano é ilegal. De acordo com o artigo 169 do Código Penal, configura-se em crime “apropriar-se alguém de coisa alheia vinda ao seu poder por erro, caso fortuito ou força da natureza.”

Fonte: UOL.

Cadela presa fora de casa toca campainha até ser atendida

Matéria anterior

Mega-Sena: Quinze apostas de SC acertam a quina

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos