Notícias

Humorista Heitor Martins fala sobre sequestro em golpe do Tinder

0

Depois de ser sequestrado e assaltado no golpe do Tinder, o humorista Heitor Martins, que ficou conhecido pelo personagem Pitbitoca, compartilhou um vídeo no Instagram em que fala sobre o período em que ficou em cárcere privado e mostra os machucados feitos pelos criminosos. O crime aconteceu em julho deste ano em São José dos Campos (SP) e é investigado pela Polícia Civil.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Heitor Martins (@heitormartins)

“No sábado dia 16 eu marquei um encontro com uma moça pelo Tinder e, ao chegar lá, tinham quatro caras armados me esperando no local. Quando eu desci do carro, dois vieram pela frente, dois por trás e acabaram me pegando. Eles me colocaram dentro do carro e colocaram uma camisa por cima da minha cabeça”, disse o humorista.

O artista disse que ficou em um quarto, vendado, com as mãos e pés amarrados e que, como não podia ir ao banheiro por determinação dos bandidos, acabou urinando em si mesmo. 

“Eu não quis comer, porque eles não me deixavam ir ao banheiro, eu tinha que fazer xixi nas calças”, conta em trecho.

Heitor Martins também disse que durante o período em que estava sequestrado, os criminosos foram até a casa dele, em Taubaté, aproximadamente 40 quilômetros do local, e roubaram vários itens, como televisão, computadores e caixas de som.


O crime está sendo investigado pelo 6º DP de São José dos Campos.

Golpe do falso encontro

Foto: Arquivo Pessoal/ G1

De acordo com a polícia, Heitor Martins ficou quatro dias sequestrado, teve a casa furtava e o carro queimado.

Ainda segundo a polícia, no dia 16 ele marcou encontro com uma mulher que já conversava em um aplicativo de relacionamento. O casal iria se encontrar  em São José dos Campos.

No entanto, ao chegar no endereço, ele afirma ter sido abordado por quatro homens que o levaram a um cativeiro e o fizeram refém. À polícia, disse que os homens levaram seus cartões com as senhas e a chave de sua casa.

Após quatro dias sendo refém dos criminosos, ele foi deixado em uma estrada no bairro São Leopoldo em São José. Depois disso, ele conseguiu ajuda para acionar a polícia. Na fuga, os criminosos incendiaram o veículo do humorista.

Carreira

Foto: Reprodução/ TV Globo

Heitor Martins ganhou fama em 2001 com o personagem Pitbitoca, apelidado de Borboletinha de Taubaté, em um programa de TV que fazia com Tom Cavalcante.

Heitor ficou conhecido por causa do jargão “cuecão de couro”. Após isso, ele seguiu na carreira no humor, participando de quadros em programas de TV.

Saiba como se proteger de golpes em aplicativos de relacionamento

Foto: Leon Neal/ Getty Images

Para evitar golpes como o sofrido pelo humorista Heitor Martins, o Delegado Titular do 6ºDP de São José dos Campos, Régis Germano, orienta que as pessoas, antes de marcarem algum encontro, pensem em lugares públicos e com bastante movimento de pessoas. Isso para no caso de algo acontecer, conseguir pedir ajuda.

Além disso, o delegado cita como medida de proteção a limitação de transferências pelo PIX, instrumento muito usado por criminosos para o roubo de dinheiro das vítimas.

Já o Tinder afirma que os usuários da ferramenta devem sempre tomar cuidado ao interagir com desconhecidos. O aplicativo destaca que a segurança deve ser priorizada tanto na troca de mensagens quanto nos encontros presenciais.

Além disso, os membros são orientados a usarem a Verificação por Foto e a procurar pelo selo azul, o qual indica que as imagens de perfil da pessoa são verdadeiras e foram verificadas pelo aplicativo.

Os especialistas também apontam que não é preciso ter pressa para conhecer a pessoa pessoalmente. O recomendado é que sejam feitas diversas perguntas para perceber sinais de alerta ou características que você procura evitar. Também é recomendado fazer uma telefonema ou videochamada antes do encontro presencial.

Fonte: G1, Band

Estadunidense faz sucesso confeccionando crochês de genitália

Matéria anterior

Fotógrafo brasileiro viraliza parando rotina das pessoas para fotos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos