• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Lago na Guatemala escondia mais 800 artefatos maias

POR Leticia Rocha    EM História      06/03/19 às 15h10

Os maias formaram uma das civilizações mais importantes que habitavam as Américas. A civilização ocupava os territórios onde hoje são o México, Belize, Guatemala e Honduras. Mas não pense que a cultura era uma só. Os maias abrangiam diversos povos nativos que tinham tradições, culturas e identidades diferentes. Tanto que os maias não tinham um império unificado, como eram os astecas e incas.

Os maias se dividiam em cidades-estados e aldeias. Geralmente, aqueles que moravam nas cidades pertenciam a nobreza. Eram chefes militares, sacerdotes e administradores. Nas aldeias viviam os trabalhadores, artesões, a base da sociedade maia. No entanto, os maias ruíram e quando os espanhóis chegaram a América a civilização já não existia. O que ocorreu para que os maias ruíssem não se sabe ao certo, são várias teorias. É por isso que todo achado arqueológico é de extrema importância para descobrir mais sobre o povo maia.

Lago Peten Itza

Arqueólogos poloneses encontraram no lago Peten Itza mais de 800 artefatos maias. Os pesquisadores acreditam que o local desempenhou um papel importante para a civilização maia. Isso porque a água tinha uma simbologia importante nas crenças maias. Eles acreditavam que ficava na água o portal para o mundo subterrâneo, o mundo dos mortos.

É por isso que provavelmente muitos rituais aconteciam na água. Tanto que uma das teorias dos pesquisadores é que rituais de sacrifícios aconteciam em embarcações marítimas. Esses sacrifícios de animais pequenos, e até de humanos, eram realizados em homenagem aos deuses do lago. Aliás, os maias eram politeístas acreditavam em vários deuses. A maioria desses seres divinos eram ligados à natureza, como no caso dos deuses do lago. É por isso que muitos dos artefatos encontrados podem estar ligados ao sacrifícios.

Artefatos maias

No fundo do lago foram encontrados mais de 800 artefatos, que provavelmente foram utilizados nos sacrifícios de animais. Entre os objetos estavam taças cerimoniais, tigelas e lâminas de rocha. Alguns datam de cerca de 150 anos antes de Cristo. Além desses artefatos também foram encontrados ossos, que aparentemente eram de animais pequenos que foram sacrificados.

No entanto, alguns desses ossos podem pertencer a animais que morreram na região mais tarde e acabaram se misturando aos artefatos.

Os pesquisadores passaram um mês explorando o lago. Foram mais de 90 mergulhos nesse período. Agora eles estão analisando os artefatos colhidos para compreender melhor sobre a cultura maia e seus ritos relacionados à água.

E você, sabia que a água era assim tão importante para os maias? Conhece alguma outra cultura que veja a água de forma similar? Nos conte aqui nos comentários. Se você gosta de saber sobre descobertas ligadas as civilizações antigas, não deixe de acompanhar as matérias que publicamos na categoria História. Além disso, você também vai encontrar muitas matérias sobre personalidades e eventos importantes na história do Brasil e do Mundo!

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+