Mãe é surpreendida após filho de 5 anos afirmar lembrar que era uma mulher morta num incêndio na vida passada

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      10/02/15 às 21h17

Luke Ruehlman, morador de Cincinnati, Ohio, nos EUA, está convencido de que era uma mulher negra de 30 anos, chamada Pam, e faleceu em 1993 ao saltar de um prédio em chamas. A criança acredita ter reencarnado, e se lembra de ser acordada pelos novos pais sendo chamada de Luke.

70

A mãe, Erika, conta que o menino começou a fazer diversas referências a suposta vida anterior. "Ele costumava dizer: "quando eu era uma menina, tinha cabelos pretos. Eu costumava usar brincos assim quando era menina"".

Mãe é surpreendida após filho de 5 anos afirmar lembrar que era uma mulher morta num incêndio em vida passada
Uma mãe foi surpreendida após as afirmações do filho de 5 anos. A criança afirma ter sido uma mulher que morreu em um incêndio na vida passada.

A mãe disse que, quando confrontado sobre quem era Pam, o menino alegou que era ele próprio, e se lembra de um processo de reencarnação quando "teria sido empurrado de volta para à terra como um recém-nascido".

71

"Eu era Pam, mas morri. Fui para o céu, vi Deus e ele me empurrou de volta para baixo. Quando acordei eu era um bebê e você me chamava de Luke", disse o filho à mãe.

Após a revelação, a mãe encontrou uma notícia sobre a morte de Pamela Robinson, em um hotel no ano de 1993. Uma investigação realizada por um programa de TV relacionado a atividades paranormais provou a veracidade da história de Luke.

72

A criança teria participado do programa, e, entre uma série de imagens de mulheres negras de 30 anos, uma delas era Pamela Robinson. Foi pedido que Luke escolhesse uma imagem, e ele apontou exatamente para a imagem da mulher que dizia ser.

Rafael Miranda
Jornalista viciado em memes e amante da cultura pop.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+