Entretenimento

Mentiras, Chantagens e Assassinatos: A Misteriosa Vida e Morte de ‘Madame X’ (Atenção: contém spoilers)

0

O melodrama francês “Madame ‘X” foi escrito para o teatro por Alexandre Bisson, em 1908. A peça foi adaptada para o cinema e teve sua estreia em 1966. Estrelado por Lana Tuner, John Forsythe, Ricardo Montaban, Burgess Meredith e muitos outros. O filme foi dirigido por David Lowell Rich.

O enredo conta a história de Holly Parker que casa-se com o milionário Clayton Anderson e mantém uma relação com seu amante, o latino Phil Benton. O drama começa quando Benton morre acidentalmente e sua sogra Estelle, acaba a chantageando, convencendo Parker a forjar a própria morte. Holly abandona o filho e o marido e é dada como morta. A mulher entra no mundo das drogas. Chega, inclusive, a se viciar em absinto.

Após um tempo, Parker conhece o “amigo” Dan Sullivan. Em uma bebedeira, Holly conta sua história ao amigo. O homem aproveita da situação para chantageá-la. Quando ela percebe que ele pretende revelar quem ela é para seu filho, acaba atirando nele por medo do seu passado vir à tona. Depois do crime, Holly é presa e acusada de assassinato. Ela se recusa a revelar sua identidade, assinando uma confissão com a letra “X”. Por isso a fama de “Madame X”. Parker é defendida por um jovem advogado que é o seu próprio filho. O rapaz sente um grande afeto por ela. Contudo, desconhece a identidade da mãe.

O filme mostra de forma intensa a dor de Holly, uma mãe incompreendida e injustiçada. O misterioso fim da trama é bastante emocionante e certamente te levará às lágrimas. Fica a dica para um bom entretenimento!

7 personagens de Boruto que são mais poderosos do que aparentam

Matéria anterior

Vídeo compara o tamanho dos personagens da Marvel

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos