Já pensou como seria a Terceira Guerra Mundial nos dias atuais? Considerando o grande estrago feito na Segunda, na década de 1940, o temor por uma nova é extremo. Há quem acredita que um confronto desse nível seria capaz de acabar com o planeta Terra por completo. Visto que o avanço tecnológico não para, poderíamos contar com armas super potentes capazes de destruir cidades inteiras com apenas um uso. Há nações que planejam colocar armas orbitando a Terra, assim podendo acabar com países inteiros de uma vez. Outra coisa que muitos temem, são os supersoldados que o Ministério Russo falou recentemente.

Segundo uma informação divulgada, esses soldados russos de elite são capazes de colidir com computadores, tratar soldados feridos e ler documentos em outras línguas. Não só isso, mas ter acesso a eles dentro de um cofre. Segundo o Ministério Russo, tudo isso pode ser feito utilizando apenas o poder de suas mentes. Essas informações foram divulgadas através de um relatório da revista oficial do Ministério da Defesa.

Informações do Ministério Russo

Publicidade
continue a leitura

Usando o que chamam de "parapsicologia", um termo genérico para qualquer habilidade psíquica, esses soldados são capazes de detectar emboscadas. Além disso, podem queimar cristais, espionar e interromper ondas de rádio. Isso ainda de acordo com o relatório do Coronel Nikolai Poroskov. Essas técnicas, segundo informações, foram desenvolvidas durante um longo período na União Soviética dos anos 1980. Nesse período, estudavam telepatia em golfinhos, segundo ele.

Poroskov alegou ainda que os soldados agora são capazes de se comunicar com os golfinhos. O artigo com o título "Super Soldado para as Guerras do Futuro", foi logo desprezado por especialistas. No entanto, a aparição na edição de fevereiro da revista Armeisky Sbornik, do Ministério da Defesa da Rússia, é bastante notável. O relatório diz: "Com um esforço de reflexão, você pode, por exemplo, derrubar programas de computador, queimar cristais em geradores, escutar uma conversa. Além disso, pode interromper programas e comunicações de televisão e rádio".

Publicidade
continue a leitura

"Aqueles capazes de metacontatar podem, por exemplo, conduzir interrogações não-verbais. Eles podem ver através do soldado capturado: quem é essa pessoa, seus lados fortes e fracos e se eles estão abertos a recrutamento". Os soldados podem inclusive "ler um documento em um cofre, mesmo que seja em uma língua estrangeira que não conhecemos". Essas são as informações oficiais desse relatório.

Publicidade
continue a leitura

Segundo o documento, os soldados também foram treinados em "contramedidas psíquicas". Essas seriam técnicas que ajudam os soldados a continuarem fortes durante um interrogatório feito por telepatas rivais. Esse relatório ainda diz que as forças especiais da Rússia já usaram as "técnicas de parapsicologia de combate". A mesma teria sido colocada em jogo na Chechênia, em um confronto que ocorreu em meados da década de 1990 até o final dos anos 2000. Essas informações do relatório estão correndo o mundo e amedrontando diversas pessoas. Isso porque não dá para duvidar 100% da veracidade das informações.

E aí, o que você achou disso tudo? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Publicado em: 22/05/19 16h39