• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Mulher mais velha dos EUA faz 114 anos e conta segredo da longevidade

POR Bruno Destéfano    EM Compartilhando coisa boa      09/07/19 às 14h32

Alelia Murphy nasceu na Carolina do Norte em 6 de julho de 1905, quando Theodore Roosevelt era presidente e Albert Einstein propôs pela primeira vez a teoria da relatividade. Ela teve que criar seus dois filhos por conta própria, visto que o marido infelizmente faleceu em uma idade jovem. A supercentenária recordista, que mora no Harlem desde os anos 20, credita sua longa vida ao fato de comer bem e permanecer ativa. Além disso, a mulher mais velha dos EUA faz 114 anos e conta segredo da longevidade: "confie em Deus e seja uma boa pessoa". Sua idade foi verificada pelo Gerontology Research Group, organização sediada em Los Angeles que acompanha pessoas de 110 anos ou mais desde os anos 1990. O Guinness Book of World Records trabalha com a GRG para confirmar os ditos "supercentenários".

O número de centenários nos EUA aumentou 65% entre 1980 e 2010, segundo o Censo de 2010. A grande maioria - 82% - dos mais de 53.000 norte-americanos são mulheres. "Ela cresceu na ápice dos dias anteriores à comida processada, então ela se alimentou de maneira muito mais saudável", disse Natalia Mhlambiso ao jornal Manhattan Times. Ela é a enfermeira de Murphy, que a visita pelo menos duas vezes por semana. "Manter-se ativa quando você é mais jovem - e comer de maneira saudável - realmente ajuda muito".

Celebração

Murphy atualmente é a mulher mais velha dos EUA e a oitava pessoa mais velha do mundo. Cercada pela família e usando uma coroa, a supercentenária comemorou seu aniversário de 114 anos - continuando seu reinado como a pessoa mais velha do país. "Ela credita isso à moderação, vivendo com moderação", disse sua neta Nefer Nekhat. "Ela diz Deus, ele é o único que a deixou ficar aqui por tanto tempo", sua filha Rose Adams acrescentou.

Para marcar ainda mais a ocasião especial, Murphy será celebrada no Harlem State Office Building neste final de semana. Seu presente de aniversário virá do senador estadual Brian Benjamin. Ele declarou que o aniversário de Alelia - no dia 6 de julho - será oficialmente conhecido como "Alelia Murphy Appreciation Day". "Ela fazia parte do movimento de afro-americanos no Harlem. Viveu aqui através de tudo, através do bem e do mal", disse Benjamin.

Força de Alelia Murphy, a mulher mais velha dos EUA

Murphy nunca bebeu álcool, come e se comunica bem, além de ter uma excelente pressão arterial e frequência cardíaca. No entanto, segundo Natalie Mhlambiso, ela tem seus vícios. "Ela gosta de coisas que são doces. Ela diz que quer algo como refrigerante, sorvete, chocolate", disse a enfermeira. "Ela ainda é mal-humorada. Ela vai deixar você saber quando ela quer ficar sozinha".

A supercentenária mudou-se para o Harlem na década de 1920. Trabalhou como costureira, padeira e vendedora. Além disso, amava dançar no Savoy Ballroom do Harlem. Ela atualmente mora em um apartamento de dois quartos com uma neta e uma atendente de casa, de acordo com o New York Post. Murphy é cerca de dois anos mais nova que a atual pessoa mais velha do mundo, Kane Tanaka, de 116 anos, do Japão. "Ela ainda está aqui, ela ainda é forte e mantém nossa família unida", disse Rose Adams, uma de suas filhas.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+