Mulher recebe cartas de amor 70 anos depois da 2ª Guerra Mundial

POR Thamyris Fernandes    EM Curiosidades      02/09/14 às 10h20

A americana Doroty Bartos, de 85 anos, tem uma história digna de enredo de filmes de amor. Isso porque, depois de 70 anos do final da Segunda Grande Guerra, ela recebeu as cartas que seu amigo e admirador secreto endereçava a ela durante o conflito.

As mensagens enviadas à Doroty foram parar em seu antigo endereço, em Chicago, no mês de agosto. Martha Rodriguez, a atual moradora da casa, percebeu a importância daquelas cartas e se dedicou a encontrar a pessoa que, há décadas, deveria ter recebido todas aquelas palavras de carinho e de esperança.

1

Foi então que a história foi informada ao jornal Chicago Tribune, que conseguiu rastrear o paradeiro da destinatária das cartas. Foi um filho de Doroty, chamado Bartos Carlberg, que identificou o nome da mãe e confirmou que ela havia morado por muito tempo no endereço ao qual foram enviados os envelopes.

4 3

Hoje em dia, Doroty vive em um asilo, em Whitewater, no estado de Wisconsin. No entanto, quando vivia em Chicago, era uma adolescente e trocava cartas e confidências com Al Fragakis, um marinheiro da base da Marinha de San Diego, antes de sua partida para a Guerra.

2

Doroty ficou tocada ao receber as cartas, mas disse que não havia nada entre eles na época, mesmo quando ele tentou lhe beijar. No final das contas, ela nunca reencontrou o tal admirador e acabou se casando com Victor Carlberg - outro homem do exército -, que faleceu há dois anos. Fragakis, por outro lado, ainda não foi localizado desde o aparecimento das cartas.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+