16 motivos bizarros que vão te fazer parar de fumar

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      02/09/14 às 10h06

O mundo inteiro sabe que fumar é algo prejudicial para a saúde do corpo e para a saúde social. Embora no Brasil o número de pessoas que ainda mantém esse hábito esteja reduzindo nos últimos anos, a verdade é que muita gente ainda fuma diariamente e em grandes quantidades. Em outras partes do mundo, no entanto, essa estatística é inversa, especialmente na Europa, onde o cigarro e sua fumaça são tolerados mesmo em ambientes fechados.

Mas, mesmo com todas as possibilidades de informação que as pessoas contam hoje em dia, parar com o vício é uma decisão pessoal, que depende também em boa parte da força de vontade da pessoa. Embora o Fatos Desconhecidos não tenha intenção de interferir em sua vida pessoal, tomamos a liberdade de listar alguns motivos chocantes que podem te motivar a chutar de vez o fumo de sua vida.

Acompanhe a listagem abaixo e entenda o que o cigarro e suas toxinas podem estar fazendo com seu corpo... nesse exato momento:

1. Perda de cabelo

15

O fumo é capaz de estimular a contração de pequenos vasos sanguíneos no couro cabeludo, o que atrapalha a oxigenação dos folículos capilares. O fumo também debilita o sistema imunológico, deixando o corpo mais vulnerável a doenças, como ulceração na boca e feridas na face, no couro cabeludo e nas mãos.

2. Catarata

11

Sabia que quem fuma mais de 20 cigarros por dia tem duas vezes mais chances de desenvolver doenças oculares, como catarata? Para quem não sabe do que se trata, essa é uma doença ocular, que turva a lente do olho e bloqueia a luz, podendo até levar a cegueira. Isso porque a fumaça pode irritar os olhos, além do próprio cigarro liberar toxinas, que viajam dos pulmões até os olhos pelo sangue.

3. Enrugamento

10

Um dos principais resultados do fumo no organismo é o esgotando das proteínas que dão elasticidade à pele, bom como da vitamina A. A pele de fumantes fica seca, dura e com linhas minúsculas, especialmente ao redor dos lábios e olhos.

4. Perda de audição

8

Parece exagero, mas a verdade é que fumantes podem perder a audição até 16 anos mais cedo que não-fumantes e estão mais suscetíveis a perda da audição em função de infecções do ouvido ou de barulhos altos. Isso porque fumar cria uma placa nas paredes dos vasos sanguíneos, fazendo com que o fluxo de sangue para o ouvido interno seja bem menor, o que abre espaço para todas essas complicações que falamos.

5. Câncer de pele

14

Apesar de o fumo não causar câncer de pele, fumantes têm muito mais chances de morrer desta doença. Isso porque a exposição da pele diariamente às toxinas do cigarro aumenta em até 50% o risco de carcinoma, um tipo de câncer que deixa erupções escamosas avermelhadas na pele.

6. Cárie

9

Sabia que o fumo é capaz até de interferir na química da boca e criando um acúmulo de placas? Além de deixar os dentes amarelados, esse fator deixa os dentes mais vulneráveis às cáries. E, só para completar, quem fuma diariamente pode perder os dentes muito antes do tempo.

7. Doenças pulmonares

13

Sobre essa aqui todo mundo já sabia, provavelmente. Isso porque é perceptível que os fumantes têm condições pulmonares muito piores que as pessoas que não têm esse hábito, além de estarem mais suscetíveis ao câncer de pulmão e enfisemas. O fumo também expõe as pessoas a crises de bronquite, resultando em tosses dolorosas e dificuldades na respiração.

8. Osteoporose

10

O monóxido de carbono, gás venenoso do escapamento dos carros e da fumaça de cigarro, chega mais prontamente ao sangue que o oxigênio deixando-o até mais 15% pesado. Como resultado, os ossos de fumantes perdem densidade, fraturam mais facilmente e levam 80% mais tempo pra curar. Aqueles que fumam mais de um maço por dia também são mais suscetíveis a estes problemas. Um estudo prova que trabalhadores industriais que fumam experimentam a sensibilidade a dor até cinco vezes mais e maior.

9. Doença de coração

6

O fumo relacionado a doenças cardiovasculares mata mais de 600,000 pessoas a cada ano nos países desenvolvidos do mundo. Fumar faz o coração bater mais rapidamente, aumenta a pressão sanguínea e aumenta o risco de hipertensão e entupimento das artérias.

10. Úlceras de estômago

4

O fumo reduz a resistência às bactérias que causam úlceras de estômago. Ele também prejudica a habilidade do estômago de neutralizar o ácido depois de uma refeição, permitindo que esse líquido prejudique a parede do órgão. Além disso, é bom lembrar que úlceras em fumantes são mais difíceis de tratar, devido ao vício.

11. Dedos descorados

5

O alcatrão da fumaça de cigarro mancha os dedos e unhas, além de deixar um cheiro forte e característico do fumo.

12. Câncer cervical

3

Essa deve ser nova para muita gente: o hábito de fumar aumenta de forma considerável o risco de câncer cervical e uterino. Ainda no caso das mulheres, é possível que o vício crie também problemas de fertilidade e complicações durante gravidez e o parto. Para piorar a situação, o fumo tem o poder de baixar os níveis de estrogênio, acelerando a menopausa.

13. Esperma deformado

7

O fumo pode deformar o esperma e danificar seu DNA, causando problemas ou defeitos no nascimento do bebê. Na realidade, homens que fumam mais de 20 cigarros por dia apresentam um risco 42% maior de gerar uma criança que prédisposta à cânceres. O hábito também diminui a quantidade de esperma e pode causar ainda a temida impotência sexual.

14. Psoriasis

1

"Psoriasis" são uma condição inflamatória da pele, não contagiosa, que pode ser muito parecida com a sarna e deixa manchas vermelhas por todo o corpo. Os fumantes, que devido à exposição ao fumo (que pode alterar e levar os níveis de substâncias químicas tóxicas para as células brancas do sangue) apresentam de 2 a 3 vezes mais chances de desenvolver essa doença.

15. A doença de Bueger

12

O fumo pode danificar as paredes dos vasos sanguíneos, dificultando o bombeamento do sangue feito pelo coração para as extremidades dos membros. Em casos mais graves, essas partes do corpo podem gangrenar (processo que acontece quando os tecidos morrem), sendo necessária até a amputação de um membro.

16. Câncer

16

Pelo menos 60 elementos presentes na fumaça do cigarro podem causar câncer de tipos diferentes. Além do "clássico" câncer de pulmão, cuja chance da doença aumenta 22 vezes nos fumantes, quem tem esse hábito pode ainda desenvolver câncer em outras partes do corpo como:

. nariz: duas vezes mais chances
. língua, boca, glândula salival e faringe: seis vezes mais chances para mulheres, 27 vezes, para homens;
. garganta: 12 vezes mais chances;
. Esôfago: de oito a dez vezes mais chances;
. rins: cinco vezes mais chances;
. pênis: de duas a três vezes mais chances
. pâncreas: de duas a cinco vezes mais chances;
. nus: de oito a nove vezes mais chances;

E então, ainda vai ter coragem de acender um outro cigarro?

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+