Um dos eventos mais marcantes do mundo foi a terrível caças as bruxas em Salém. Esse episódio aconteceu por causa da superstição e crueldade na América do Norte. Acreditavam que algumas pessoas realizavam bruxaria e, por isso, perseguiram uma pequena povoação se Salém, Massachusetts numa noite de outubro de 1692.

Segundo registros da época, esses julgamentos de bruxaria condenaram cerca de 200 pessoas. Entre elas estima-se que pelo menos 140 tenham sido presas e que pelo menos 90 eram mulheres. Não há duvidas de que as mulheres foram as mais violadas durante à caça, mas não foram as únicas.

Uma coisa que poucas pessoas sabem é que houveram homens perseguidos e mortos também. Esses eram acusados de bruxaria e chamados de bruxos. Entre as pessoas condenadas, 20 foram executadas na cidade que hoje leva o nome de Danvers, no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos. 19 foram enforcados e entre eles, 5 homens. Um outro indivíduo que perdeu sua vida foi torturado por resistir e não dar qualquer informação ao tribunal.

Publicidade
continue a leitura

Segundo o Museu da Bruxa de Salém, tudo começou quando um grupo de meninas apresentou um comportamento estranho. A escrava de um reverendo local, Tituba, confessou ser praticante de feitiçaria e foi acusada de ter enfeitiçado duas mulheres. Os registros afirmam que eles visavam punir aqueles que iam contra os ensinamentos de Deus. As pessoas a época pregavam rigorosamente sua religião. Os mais suspeitos de ir contra toda essa histeria eram os membros da família Putnam.

Publicidade
continue a leitura

Os perfis das pessoas que morreram eram diversos. A maioria das mulheres eram cidadãs normais como qualquer outra. Muitas eram pobres e algumas tinham atitudes vistas como “desaprovadas”, como ter um mau caráter ou filho fora do casamento. Algumas morreram por serem esposas de acusados bruxos. Entre os homens, essas relações de poder se destacam. Apenas Samuel Wardwell era conhecido pela sua prática como cartomante. George Jacobs Sr., John Proctor e John Willard criticaram abertamente os julgamentos.

Publicidade
continue a leitura

Somente anos depois, o governador proclamou um pedido público de desculpas com a intenção de que Deus realmente perdoasse os erros. Hoje podemos contar com a Fundação Salem Award. Esta é uma organização que luta contra a injustiça social e pela defesa dos direitos humanos.

E aí, você sabia que tinha homens que morreram nessa caça? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Publicado em: 17/05/18 17h16