Novo filme de Chadwick Boseman e Viola Davis estreia com nota total no Rotten Tomatoes
Tempo de leitura:2 Minutos, 16 Segundos

Novo filme de Chadwick Boseman e Viola Davis estreia com nota total no Rotten Tomatoes

Embora tenha partido precocemente, Chadwick Boseman agraciou o mundo com incríveis performances na sétima arte e elas marcarão a história para sempre. Aliás, mesmo após sua morte, o astro mundialmente conhecido por seu papel como T’Challa em Pantera Negra tem nos surpreendido com seu imensurável talento. Dizemos isso porque no mês que vem chega à Netflix A Voz Suprema do Blues, filme estrelado por Boseman ao lado da aclamadíssima Viola Davis. Apesar de ainda não ter sido lançado para o público geral, o longa já foi conferido por parte da crítica especializada e, até então, conta com a rara avaliação de 100 por cento de aprovação no Rotten Tomatoes.

Até o momento em que essa matéria foi redigida, o filme já acumulava 52 avaliações no agregador de críticas e todas elas eram positivas. De acordo com o consenso dos especialistas, “emoldurado por duas performances poderosas, A Voz Suprema do Blues presta uma homenagem afetuosa a uma lenda do blues – e à cultura negra em geral”. Tanto a atuação de Davis quanto a de Boseman são tidas como “titânicas” e quanto ao último, Kambole Campbell, do Time Out, foi muito assertivo ao pontuar que “a presença de Chadwick Boseman não deve se destacar porque é seu papel final na grande tela, mas por causa do quão bom ele é”.

Na narrativa, Boseman dá vida à Levee, um trompetista ambicioso que, apesar de contar com seus próprios sonhos musicais, é contratado para tocar ao lado de Ma Rainey, uma estrela em ascensão do blues. O filme se trata de uma adaptação da peça teatral homônima escrita por August Wilson que, coincidentemente, também é o autor da peça que inspirou Um Limite Entre Nós, filme também estrelado por Davis que se destacou no Oscar 2017.

Viola Davis e Chadwick Boseman em A Voz Suprema do Blues

Segundo a sinopse oficial do longa: “As tensões e as temperaturas aumentam ao longo de uma sessão de gravação vespertina na Chicago dos anos 1920, enquanto uma banda de músicos espera a artista pioneira, a lendária ‘Mãe do Blues’, Ma Rainey (Viola Davis). No final da sessão, a destemida e impetuosa Ma se envolve em uma batalha de vontades com seu empresário e produtor branco pelo controle de sua música. Enquanto a banda espera na claustrofóbica sala de ensaios do estúdio, o ambicioso trompetista Levee (Chadwick Boseman) – que está determinado a fazer valer suas próprias reivindicações na indústria da música – estimula seus colegas músicos a uma erupção de histórias que revelam verdades que mudarão para sempre o curso de suas vidas”.

A Voz Suprema do Blues está previsto para ser lançado em 18 de dezembro, apenas na Netflix.

Fonte: CB
Imagens: Netflix.