• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

O que acontece com a mente de uma pessoa que entra em coma?

POR PH Mota    EM Ciência e Tecnologia      20/07/16 às 19h00

Apesar de conhecido há mais de três mil anos pela ciência, o estado de coma ainda é um mistério. Pacientes que são acometidos por essa condição, ficam num estado de inconsciência do qual não podem ser despertadas. Diferente do que muitos acreditam, não é um estado de sono profundo.

Segundo o neurologista Antonio Lucio Teixeira Júnior, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), uma pessoa que está em coma está em total falta de consciência, diferente do que acontece quando estamos dormindo. Durante o sono, a capacidade de interagir com o meio ainda é encontrada e não a perdemos.

Um paciente pode entrar em coma por diferentes motivos como tumores, traumatismo craniano, AVC, reações tóxicas aos medicamentos e intoxicação causada por drogas ou outras substâncias tóxicas.

1

Sendo assim, se a pessoa perde todo estado de consciência durante essa condição médica, o que acontece com a mente de um paciente em coma? Será que é possível sentir ou perceber alguma coisa durante esse estado?

Entre a maioria dos neurologistas existe um consenso que defende que, durante o coma, os pacientes realmente sentem nada. Apesar disso, existem correntes que acreditam que os pacientes podem ouvir e sentir algumas coisas que acontecem ao seu redor.

Sensações como frio e calor, fome e sede ou até mesmo dor podem ser percebidas fisiologicamente durante o coma. Porém, especialistas acreditam que a resposta nervosa não represente uma resposta consciente aos estímulos. Mesmo que os nervos reajam a dor - ou a mudanças de temperatura, por exemplo -, as reações não são processadas pelo cérebro.

2

O mesmo aconteceu com a audição durante o coma. Por meio de exames, é possível perceber o quanto cada paciente é capaz de ouvir, apesar de não ser possível responder se o que é ouvido está sendo processado pelo cérebro como numa pessoa que está acordada e consciente.

Segundo o médico Wellingson Paiva, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), pacientes que tem o sistema auditivo funcionamento em perfeito estado tem recuperações melhores do que a de pacientes com as vias auditivas lesadas. "Muitos relatos de pacientes que sobreviveram a um período de coma informam que ouviram conversas", diz o médico.

Por conta da falta de uma resposta científica clara, é comum que as famílias e profissionais que lidam com pacientes em comam conversem com eles, mesmo que não haja nenhuma resposta ou reação. A estratégia é estimulada como forma de motivar não só os pacientes, mas também os próprios familiares que podem se sentir mais vivos e perceber quem está em coma da mesma forma por meio das palavras.

??????????????????????????????

Apesar de não ser explicado, o coma pode ser induzido por meio de agentes químicos e remédios. A medida pode ser tomada para evitar sofrimento de pacientes durante processos de recuperação ou até mesmo para preservar as funções do cérebro após algum trauma. O processo, pode ser semelhante ao de uma anestesia geral e, assim como nesse caso, é reversível.

Mesmo que tenha diferentes formas de um paciente entrar em coma - e até situações em que ele pode ser induzido -, não há classificações diferentes para tipos de coma: ou o paciente está ou não está nessa condição. Ainda assim, durante o coma podem ser percebidas alterações no estado de consciência de cada paciente.

Próxima Matéria
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+