Curiosidades

O terrível conto de Hans Trapp, o espantalho do Natal

0

O Natal é visto por todos como um momento de paz e generosidade. Nós nos reunimos com amigos e familiares, compartilhamos presentes e mergulhamos em uma farta mesa de comida. Afinal, essa época do ano pede apenas uma coisa: celebração. No entanto, esse cenário nem sempre foi assim. Por muito tempo, essa época que amamos tanto já foi marcada por medo.

Todos nós sabemos que a lenda que deu origem a poesia natalina é marcada por amor e gratidão. Afinal, a fábula que retrata a história do nosso famoso Papai Noel tem como principal protagonista o bispo Nicolau.

De acordo com os inúmeros relatos que se propagam desde o início do século IV, sabemos que o bispo Nicolau descobriu que um estalajadeiro havia esquartejado três crianças e que por ter clamado aos céus, o bispo conseguiu trazê-las de volta à vida.

Em uma época de forte perseguição, essa e outras boas ações desse zeloso cristão transformaram o bispo em santo. Obviamente, sua popularidade fez com que a sua história se misturasse a outros episódios lendários. Um desses episódios conta a história do anti-Papai Noel: Hans Trapp, o espantalho do Natal. E foi exatamente, quando esse ser ganhou força que o Natal passou a ser ilustrado pelas sombras.

Quem foi Hans Trapp

Desde que a formosa lenda de São Nicolau ganhou notoriedade, a famosa fábula do icônico Hans Trapp, o espantalho do Natal, também conquistou uma certa popularidade. Diferente de São Nicolau, que gostava de presentear as crianças que se portavam bem, o espantalho seguia a via oposta: ou seja, punia os travessos.

Inúmeros personagens malignos que viviam sob as sombras e apareciam na época do Natal surgiram ao longo do século. Muitos de nós conhecemos o Krampus, já outros, por exemplo, estão familiarizados com a bruxa Perchta.

No entanto, nenhum deles devem ser comparados ao aterrorizante espantalho Hans Trapp. O motivo? Essa obscura figura assassinava crianças que não se comportavam para se alimentar.

A lenda do aterrorizante espantalho é mais conhecida nas regiões francesas da Alsácia e da Lorena. De acordo com os numerosos relatos sobre a besta, a lenda de Hans Trapp nasceu em 1400. Dizem que o espantalho, inicialmente, era um homem rico, poderoso e altamente impiedoso. Por conta de seu poder e de seu temperamento, era temido pelo povo da Alsácia.

Sua sede por poder era tão grande que o indivíduo chegou a negociar sua com o Diabo para aumentar seu status. A notícia do pacto com o demônio se espalhou rapidamente e, então, o próprio Papa resolveu excomungar Trapp.

Após ser banido da Alsácia, suas riquezas e terras foram confiscadas. E foi exatamente nesse momento, que a escuridão o dominou.

O espantalho anti-Natal

Trapp se viu obrigado a construir uma casa improvisada nas montanhas da Baviera, na Alemanha. Em sua nova residência, continuou a alimentar seus desejos malignos. Com isso, surgiu também o ardente desejo de experimentar o sabor da carne humana.

Para saciar a vontade, Trapp passou a se adornar com palhas na época do Natal para, em seguida, ficar de prontidão na estrada que estava próxima a casa que havia construído. Sua primeira vítima foi um menino de dez anos. O pobre garoto morreu esfaqueado.

Em seu covil, Trapp mutilou o corpo do menino. Dizem que o menino foi morto porque não era obediente. Desde então, todas as crianças travessas que passavam pelo mesmo local começaram a desaparecer.

Você conhece a fisiologia dos Elfos de O Senhor dos Anéis?

Matéria anterior

Você sabia que Avatar: A Lenda de Aang foi inspirado em fatos reais?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos