O único homem na história a ser um anão e um gigante durante a vida

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      30/01/15 às 12h43

Em uma época em que a medicina ainda não apresentava tantas tecnologias e que o conhecimento dos médicos ainda se baseava muito em especulações e crenças populares, uma história muito curiosa aconteceu na Áustria. O ano é 1899 e o personagem principal e intrigante desse relato é Adam Rainer, que teve uma infância normal, foi considerado um anão até os 21 anos de idade e, depois, por capricho do destino, acabou crescendo tantos que foi considerado um gigante.

Mas, voltando ao relatos, a infância de Rainer foi tranquila. Ele era uma criança saudável e absolutamente normal. No entanto, no início da adolescência, ele parou de crescer. Os médicos não sabiam explicar o que ocorria com o rapaz, já que era filho de pais com estatura normal e não havia nenhum registro de nanismo em sua família.

1

O caso de Rainer foi tão sério que durante a Primeira Guerra Mundial ele não foi aceito no exército austríaco devido à sua baixa estatura e à sua estrutura física bastante debilitada. Na época, com 19 anos, ele media aproximadamente 1,38 metros. Dois anos depois, mesmo 2 centímetros mais alto, ele ainda não foi aceito nas forças armadas de seu país.

Acontece, no entanto, que a vida toda Rainer apresentou traços físicos intrigantes. Segundo documentos sobre o caso do austríaco, desde criança ele contava com mãos e pés anormalmente grandes para sua estatura. Dizem, por exemplo, que quando ele tentou se alistar no exército a primeira vez, calçava sapatos de número 40!

3

Aos 21, entretanto, Adam Rainer começou a crescer em um ritmo muito acelerado. Em 10 anos ele passou a ter uma estatura até hoje considerada incomum, chegando a ter 2,18 metros de altura. O problema, a partir daí, é que o homem não parava mais de crescer e chegou a desenvolver sérios problemas na coluna.

No início da década de 30 foi quando os médicos descobriram que Rainer sofria de uma condição rara, conhecida como Acromegalia. Seu diagnóstico saiu depois que um tumor na glândula pituitária foi identificado e apontado como a causa que desencadeou o excesso de produção de hormônios do crescimento em seu corpo.

As imagens abaixo mostram como a síndrome foi modificando a aparência do austríaco com o passar dos anos. Como você pode notar, seu maxilar e sua testa também foram ficando mais proeminentes:

5

Sem qualquer tratamento que surtisse efeito sobre o crescimento descontrolado de Rainer, os médicos optaram por uma cirurgia para a retirada do tumor. O mais curioso, no entanto, é que o procedimento não resolveu o problema, somente fez com que o homem passasse a crescer mais devagar que antes.

O austríaco, então, acabou desenvolvendo uma série de problemas de saúde durante a vida, chegando a ficar cego do olho direito e a perder boa parte da audição. Ele morreu aos 51 anos de idade, com 2,38 metros de altura, depois de passar anos confinada à cama devido à gravidade da curvatura de sua coluna.

4

Intrigante, não?

Depois de conhecer a história do homem que nasceu anão e se tornou um gigante ao longo da vida, você vai gostar de ler também: 5 avanços da Medicina com origens obscuras e Os mais sinistros tratamentos médicos do passado que ainda existem.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+